É tanta coisa na cabeça que de vez em quando a gente se pergunta: é isso mesmo que quero? Afinal, quem sou eu? O que estou fazendo da minha vida? Estou dando atenção para as coisas certas? Estou gastando energia no que realmente importa? Estou dando a devida atenção para quem gosta de mim? A gente fica nesse mar de perguntas e nada até encontrar uma resposta.

14.8.16

Resenha: Como Treinar o Seu Dragão


Olá meninas. Como treinar o seu dragão acabou se tornando uma das minhas animações preferidas. Eu sei que eu sempre digo isso nas resenhas que faço aqui no blog, mais essa é realmente muito boa, além de ser super fofinha. Fala ai, porque a gente gosta tanto do "Meu Malvado Favorito"? Não é apenas porque a animação é boa, é por causa dos "Minions". Um personagem fofo, divertido, e atrapalhado que alegra do inicio ao fim. Os produtores vem investindo nesses protagonistas pra chamar mais a atenção, como por exemplo "Cada Um em Sua Casa", Operação Big Hero 6" e no próprio filme que escolhi pra resenhar hoje. Um dragãozinho fofo, esperto e que parece mais um cachorrinho.
E se você tivesse um pai líder de um bando de bárbaros matadores de dragões? E se todos ao seu redor fossem fortes e hábeis com maças e espadas, e aríetes e tudo o mais? E se, nesse mundo de guerreiros, você fosse apenas um Soluço? O filme e adaptação de uma série de livros assinada por Cressida Cowell, dividida em 13 livros, com 11 lançados, e 2 extras e os diretores do filme foram Chris Sanders e Dean DeBlois. O segredo do sucesso foi trazer temas sérios como bravura e sacrifício para um publico bem diversificado. Embora seja uma animação, traz uma mensagem para todas as idades. Ela é do mesmo estúdio criador de Shrek, a produção Como Treinar O Seu Dragão traz uma proposta inteligente sobre vencer preconceitos e enxergar além do senso comum. Além de uma trilha sonora incrível, o filme exibe paisagens fantásticas, uma arte cinematográfica de primeira!
O filme conta a história de Soluço é um garoto magrelo, sem músculos e muito desajeitado. Isso não seria um problema, já que vimos muitos heróis com esse tipo de porte, no entanto, Soluço faz parte de um aldeia Viking. E, como vocês podem imaginar, ele sofre bastante bullying por ser desse jeito. E, para fechar com chave de ouro, Soluço ainda é filho do chefe da temida aldeia de Berk. Soluço tem um sonho todo fantasioso de um dia matar um dragão pra ganhar o respeito dos povo de sua aldeia. Como um bom filho que Soluço era, tudo o que ele fazia era tentar agradar o pai. Esforçava-se para agir como um guerreiro, tentava matar alguns dragões, mas sempre se metia em alguma confusão ou trazia problemas para a aldeia. Todos achavam que seria mais seguro trabalhar como ajudante de ferreiro. E assim Soluço vivia sua vidinha. Ora em problemas, ora em tédio. Assim era Berk, a ilha viking. Em uma noite, durante um ataque de dragões a sua aldeia após ferrar com todo o plano do seu pai de capturar os dragões ele acaba meio que por sorte acertando a cauda de um dragão. O mais temido de todos chamado de Sombra da Noite, mas é claro que ninguém acredita no pirralha.
No dia seguinte o pai de soluço vai em uma missão em busca do ninho dos dragões, e soluço em também um missão; em busca de encontrar o seu dragão ferido na floresta. Sua missão é cortar a cabeça do dragão e levar para aldeia. Mais ao encontrar o bicho ele acaba não conseguindo fazer e liberta-o e. A partir dai o laço de amizade começa a se formar entre o pequeno viking e o Dragão. Uma série de aventuras começam a rondar a vida do jovem Soluço depois dessa nova amizade, e eles vão precisar lutar contra o preconceito dos aldeões e, principalmente, lutar contra um mal ainda maior que tem sido a causa dos ataques de dragões nas aldeias.
O nome que soluço dar ao seu dragão é Banguela. Banguela é fofo e cheio de personalidade brincalhona e engraçada. Como banguela não pode voar por causa da sua asa, Soluço começa a visitar em uma clareira onde ela caiu. Passa a alimenta-lo e a estudar o animal tentando ganhar sua confiança. Ele percebe que diferente do que todos pensavam sobre os dragões, eles não eram tão ferozes e podiam até ser bonzinhos e até domesticado. Uma Fofura! 




Além da dupla, tem também outros personagens que complementam muito bem a animação; Astride: A durona do grupo por quem Soluço é caidinho. Cabeçadura e cabeçaquente: Os gêmeos que vivem em pé de guerra o tempo inteiro. Melequento: O durão, metido a charmoso, porém um completo fracote, e o Perna de Peixe: O gordinho super inteligente que entende tudo sobre dragões.  As risadas são obrigatórias pra quem acompanha a jornada do Soluço, Banguela e tua turma.
Eu resolvi fazer as duas resenhas juntas porque eu assistir os dois filmes um depois do outro. Achei melhor assim. Em “Como Treinar o Seu Dragão 2” traz um Soluço já crescido e com uma conquista: a paz entre os vikings e os dragões, que agora atuam como os seus aliados. Com os seus amigos, Soluço e o seu fiel escudeiro Banguela acabam explorando terrenos que desconheciam o que resulta na descoberta de novas espécies selvagens de dragões em uma caverna congelada. Sob o comando do ambiente está Valka (Cate Blanchett), uma mulher que revela ter alguma ligação com o passado de Soluço. A primeira adaptação foi lançada em 2012 e a segunda em 2014 e foi a maior animação do ano. E o terceiro está previsto para 2017 e provavelmente será o último da franquia.
Com esse filme fofo, incrível, hilário e espetacular. Soluço nos mostra que para ser um herói, não é preciso ser musculoso ou ter super poderes. É preciso ter coragem, inteligência e determinação. Se tiver bom humor e várias trapalhadas pelo meio tem problema não, afinal os heróis sempre acabam salvando o dia de um jeito ou de outro. Soluço só queria ser aceito em sua comunidade e ter alguma utilidade e ele fez mais do que isso. Salvou sua aldeia de uma guerra entre duas espécies que acontecia a tempos. Enfim, é uma ótima aventura para todas as idades. Pensei que não ia gostar muito. Mas, falando sério, o filme mais sensacional. Se você ainda não assistiu Como Treinar o Seu Dragão você merece ter uma morte lenta e dolorosa, Hahahaha.

2 comentários:

  1. Este filme de animação é daqueles que vejo no canal de desenhos animados, mas não me chama nada atenção, mas o meu pequeno iria adorar :)

    *XoXo
    Helena Primeira
    Helena Primeira Youtube
    Primeira Panos

    ResponderExcluir
  2. Já vi e adorei bastante
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia
    Facebook
    Tem post novo todos os dias

    ResponderExcluir

Vai postar um comentário? Ebaaaaa.
Espero que tenha gostado dos conteúdos do GLP, prometo que retribuirei seu comentário logo me breve, é só deixar o link do seu blog, e assim que possível, farei um visitinha. Prometo. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...