É tanta coisa na cabeça que de vez em quando a gente se pergunta: é isso mesmo que quero? Afinal, quem sou eu? O que estou fazendo da minha vida? Estou dando atenção para as coisas certas? Estou gastando energia no que realmente importa? Estou dando a devida atenção para quem gosta de mim? A gente fica nesse mar de perguntas e nada até encontrar uma resposta.

31.8.16

Tô apaixonada pelo Spotify

Oi, oi pessoal. No pôster anterior eu apresentei pra vocês dois programas sensacionais para assistir filmes e series de graça, sabe, tipo o Netflix. E nesse eu vou apresentar um app de musicas que provavelmente você conhece ou já ouviu falar, o incrível Spotify. A gente sabe que existem vários streamings legais de música por aí: Grooveshark, Soundcloud, Deezer, Rdio e muitos outros. Mas, sem dúvida, as ferramentas do Spotify saem na frente de todos. Eu só vim conhecer o app apenas esse ano, porque meu antigo celular não era digital. Ele é um app bem famoso no exterior, mas só chegou aqui no Brasil em 2014 e já conquistou o coração de muita gente, inclusive o meu, é claro. Ele foi lançado oficialmente em outubro de 2008, entre gigantes como o iTunes e Pandora, mas plataforma sueca se destaca pelo acesso gratuito do usuário. Diferente de outras ferramentas de streaming de áudio, o cardápio de músicas do Spotify é aberto ao público sem limites ou custos adicionais. Basta apenas uma conta para acessar. Nele é possível montar suas playlists, compartilhar faixas e se deliciar com horas de música gratuita. Sem ter que precisar baixá-las e encher a memória do meu celular só com músicas. A única "inconveniência" são as propagandas que aparecem aleatoriamente no meio das faixas. Mais isso sai de letra, já que as propagandas são bem rapidinhas. O programa é leve (o download tem apenas 2,5mb) e tem uma interface simples e linda (que lembra bastante o visual do iTunes). O Spotify ainda conta com alguns recursos interessantes, como a capacidade de criar uma playlist com suas músicas favoritas, além de mostrar a capa do álbum da música que você está escutando no momento, e a popularidade da música entre os usuários do programa. Dar pra você conhecer um monte de musicas novas pelas playlist que ele disponibiliza, e ainda dar pra você criar quantas playlist você quiser. Se você se conectar ao app com sua conta do Facebook ou Twitter, dar pra você ouvir oque os seus amigos estão escutando em tempo real. Tudo que você ouve no aplicativo aparece para as pessoas que te seguem. Mas, se você usar o recurso de ter uma sessão particular, nenhum stalker vai saber o que você está ouvindo. Caso você tenha sincronizado com o Facebook. Ele tem em seu banco mais de 30 milhões de músicas. Há, ele também economiza do gasto da memoria da sua bateria (o que já vale por tudo). Se você tem o app do Spotify em seu computador, dar pra usa-lo como reprodutor das músicas existentes em suas pastas. Isso dispensa o uso de outro aplicativo para ouvi-las. Ele não é simplesmente um app de música, ele tem vários diferenciais, além de ter um acervo de músicas gigante você pode ouvir online e off-line, funciona como um aluguel de músicas, se você quiser ouvir conectado na internet ele é free, já se você quiser ouvir off-line, as músicas ficam armazenadas no seu celular e você não precisa de internet para ouvir nessa versão, ela custa 14,90, e você pode utilizar por 30 dias de teste, caso não goste pode cancelar sem pagar nada, legal né?. Mas a principal vantagem é poder adicionar música a hora que você quiser, sem ter que sincronizar pelo itunes. Outra coisa super legal é a forma de encontrar novas bandas, as músicas mais tocadas no mundo todo, (metade das musicas que eu descobri e viciei total, foi graças ao Spotify), além de você receber alertas com dicas de músicas que você pode gostar (de acordo com seu gosto musical). Uau! É tantas possibilidades que não tem espaço pra você não querer baixa-lo também. Eu tô super amando esse app.
Você pode fazer o download agora no seu Smartphone e clicar aqui e fazer o Download no seu PC. Espero que tenham gostado das dicas e que vocês se divirtam bastante com ele. Beijão e até a próxima meus amores!

29.8.16

Netflix e seus 2 filhos; PopCorn Time VS Stremio

Antes de qualquer coisa pessoal, quero deixar bem claro que de forma alguma eu estou incentivando e apoiando a pirataria, beleza? Todo mundo conhece o tão famoso Netflix aquela coisinha linda que você paga "baratinho" pra assistir filmes e séries no celular, na tv e no computador. Mais nem todo mundo tem essa graninha extra no fim do mês pra pagar a assinatura do Netflix. Talvez você esteja desempregada, dependa dos pais, ou namorado ou do marido pra pagar as contas no fim do mês, e por mais barato que seja, quando você estar empressada, até 1 real se torna caro não é mesmo? Então pra você não ficar na neura porque não tem nem um app legal pra assistir seus filmes e série, e por isso tem que passar horas esperando aquele episódio online carregar, eu trouxe dois substitutos perfeito. Até você conseguir pagar sua Netflix. Eu já tenho os programas a um tempo o meu PC e achei que seria legal compartilhar com vocês. São dois programinhas bem leves que você baixar pro seu computador e dar pra assistir filmes e séries sem pagar nadinha. O designe deles é lindo e lembra muito o Netflix, tem muuuuuitos filmes, séries e outros programas bem legais pra você assistir. É meio “ladygeek” explicar como o App funciona, mas vamos lá. 
O Popcorn Time é um programa de código aberto disponível para Android, iOS, Windows e Linux, lançado no começo de 2014 e desenvolvido em Buenos Aires, Argentina. Ele funciona como uma espécie de BitTorrent, só que ao invés de baixar o arquivo para assistir depois, ele baixa o arquivo em tempo real, enquanto você o assiste. De acordo com a definição dada pelo site brasileiro do Popcorn Time, ele foi criado como uma espécie de alternativa ao Netflix, onde você faz streaming de filmes, séries e animes só que não precisa pagar por isso. A interface é bem bonita e simples de se usar, todos os filmes têm opções de qualidade, legenda e áudio, e sua internet não precisa ser extremamente rápida para assistir os filmes em qualidade HD. Nele, você é capaz de assistir tanto lançamentos, quanto filmes muito antigos, basta usar a ferramenta de busca. Uma outra opção, além dos filmes, são os programas de TV, centenas de horas de programação estão disponíveis para serem assistidas. Você só precisará de um pouco mais de paciência na hora de esperar o carregamento. Tem muitos lançamentos legais, dá para escolher os filmes por gênero, popularidade, ano de lançamento, ordem alfabética, etc. O App é muito democrático, funciona em Mac, em Windows, em Linux e até em Android! Para baixa-lo programa clique aqui
Depois do surgimento do PCT um novo software chegou para tomar o posto do conturbado Popcorn Time e gerar um pouco de preocupação a Netflix. O Stremio é definitivamente o queridinho de todos os tempos. Ele também é um aplicativo gratuito para assistir a vídeos disponíveis em Torrent por Streaming gratuitamente. Dar pra assistir filmes, séries e até mesmo canais no YouTube chamado Stremio, ele é uma plataforma totalmente open source e que funciona de forma semelhante ao Popcorn Time com a diferença de ser também P2P (peer to peer), que é o mecanismo famoso utilizado em softwares como Ares e eMule. Curiosamente, o software além de conter o material legendado também possui muitos filmes e séries dubladas, o que é um ponto bastante positivo para quem não gosta de ler as legendas. Para usar o Stremio você vai precisar criar uma conta ou logar-se usando o Facebook, simples assim. Assim como o Popcorn Time você não precisa pagar nenhuma mensalidade e nem valor de download para baixar o programa. Para baixá-lo é só clicar no link aqui. O app mantém séries e filmes sempre atualizados, essa é uma das grandes vantagens do Stremio. Se você curte uma série que está em exibição, pode ter certeza de que no dia seguinte ao que passar na TV, o episódio vai estar disponível e com legendas para você assistir.  A qualidade é bapho, você pode assistir em HD ou SD, na grande maioria dos casos você os encontra em HD, apenas em filmes lançados recentemente, tipo, "BEM recentemente" a opção de menos qualidade está disponível. E o Designe é impecável, muito organizado e oferece categorias bem específicas, como Comédia, comédias românticas, drama, suspense, ação, policial, etc. Tem também categorias de romance, história, faroeste e vencedores do oscar. Além das funcionalidades já comentadas, o Stremio consegue também importar arquivos do seu disco rígido para funcionar como um player simples, ele também é capaz de fazer Streaming para o Chromecast e para a AppleTV. É um amorzinho mesmo né? Se você já era a louca dos filmes, depois de baixar e testar essa belezinha, já pode dar adeus a sua vida social querida.

Mas como nem tudo é um mar de rosas, por ser um processo grátis é claro que ele não um todo aprova de erros né?! Ele é diferente do Netflix porque os vídeos são baixados via torrent. Soa tudo lindo, mas, sim, pode ser frustrante e ineficiente em alguns casos, várias coisas podem acontecer como os filmes não aparecerem, downloads muito devagar, demora na execução, e até travar. Devido a vários fatores como o estado do seu PC, ou da sua NET, pode sim, chegar a não funcionar direitinho, como eu já vi algumas pessoas falando que não conseguiram assistir nada nos programas. Mais isso varia, não acontece com todo mundo, por exemplo, comigo é só as 10.000 maravilhas e estou muito satisfeita com eles. Então minha dica é: baixe os programas e veja qual é o melhor, qual você conseguiu usar sem ter problemas. O que melhor funcionar no seu PC, você deixa instalado, se os dois funcionar, melhor ainda.

Então pessoal, me digam ai nos comentários se você já conhece esses programinhas TOP, e o que vocês acham deles? Qual é o melhor, e qual nota vocês dariam?

27.8.16

2 Filmes de Terror

Oi bonitos e bonitas. Já fazia um tempo que eu não parava umas horinhas pra assistir um bom filme de terror. Eu já tenho vários antigos na minha lista, mais tô muito viciada em séries, que mal tenho assistindo filmes. Então resolvi tirar o dia pra assistir dois filmes de terror "novo"(não tão novo, mais que foram lançados esse ano). Eu admito que essas minhas escolha não foi uma das melhores. Não são filmes "incríveis", mais até que são legais. O primeiro é "O Boneco do Mal", e eu só quis assistir esse filme por causa da Lauren Cohan (atris que interpreta a Maggie em The Walking Dead). A história tem tudo pra ser boa no inicio, tipo Annabelle, mais no final acaba decepcionando total com o desvendar da trama. E o segundo foi "A Bruxa", um dos filmes de terror mais comentado esse ano, o motivo pra eu ficar tão curiosa pra assisti-lo, e, ele é muito bom, mais novamente não gostei do final. É claro que essa é a minha opinião, você pode ter assistido e gostado. Mais eu acho que não se faz mais filmes tão bons como antigamente (tipo Freddy e Jason ou O Exorcista). Metade dos filmes de terror que eu tenho assistido nesses últimos anos, sempre acaba me lembrando outro filme de terror, por exemplo, desde Chucky, não tem outro filme de boneco (ou boneca) que tenha se saído tão bem como esse clássico. Mais em fim, vou parar de falar tantos ponto negativos (hehehehe) e vamos pra dicas de hoje. Os filmes são legais, tem lá a sua pitada de suspense mais não são tão assustadores como mostra nos trailers. Espero que vocês gostem das dicas.
O Boneco do Mal

Não recomendado para menores de 14 anosGreta (Lauren Cohan) é uma jovem americana que aceita um trabalho como babá em uma pequena vila inglesa. Porém, o garoto de 8 anos de quem ela tem que cuidar é, na verdade, um boneco de quem o casal cuida como se fosse um menino de verdade, como uma forma de lidarem com a morte do filho, ocorrida 20 anos antes. Após violar uma lista de regras do garoto, uma série de eventos inexplicáveis transformam a vida dela em um pesadelo.A BruxaNão recomendado para menores de 16 anos
Nova Inglaterra, década de 1630. O casal William e Katherine leva uma vida cristã com suas cinco crianças em uma comunidade extremamente religiosa, até serem expulsos do local por sua fé diferente daquela permitida pelas autoridades. A família passa a morar num local isolado, à beira do bosque, sofrendo com a escassez de comida. Um dia, o bebê recém-nascido desaparece. Teria sido devorado por um lobo? Sequestrado por uma bruxa? Enquanto buscam respostas à pergunta, cada membro da família seus piores medos e seu lado mais condenável.

25.8.16

Resenha: A Hospedeira

Oi meus amores. Eu li esse livro a muito tempo, no meu 1ª ano do ensino médio, acabei encontrando ele no app Wattpad, e resolvi ler novamente. Se você não leu o livro ainda, mas provavelmente já deve ter assistido ao filme, que a propósito eu gostei bastante. A adaptação cinematográfica do livro foi boa se comparando a muitas outras que eu me arrependi terrivelmente de ter assistido. A Hospedeira (The Host) é de Stephanie Meyer é da mesma autora da saga Crepúsculo. O livro foi lançado em 2009 e o filme em 2013.

 O livro narra a história do nosso planeta que foi dominado por uma especie de extras terrestres, um tipo de inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos "selvagens" que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a "alma" invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente. Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.

Se você tem problemas com a febre crepúsculo, não se preocupe apesar de ser da mesma autora a história além de ser completamente diferente, é muito boa. Melanie Stryder, uma das poucas sobreviventes a invasão na Terra. Ela tem 21 anos, e passou a vida fugindo, ao lado de seu irmão mais novo, Jammie, e seu namorado, Jared. Uma mulher extremamente forte e resistente, que foi obrigada a amadurecer cedo para cuidar do irmão e isso fez com que desenvolvesse uma compaixão muito grande. 

Quando a alma se apossa do corpo os olhos da pessoa assumem um brilho prateado e a alma se depara com o último momento vivido pelo humano, Melanie tinha tentado se suicidar para evitar que fosse possuída e revelasse onde os outros humanos sobreviventes estão escondidos. Acaba que Peregrina (a alma que possui o corpo de Mel) não consegue assumir totalmente a mente, porque, ao contrário do esperado, Melanie ainda se encontra ali e cria uma barreira para que os seus segredos sejam acessados. No começo, Peregrina e Melanie se odeiam, Melanie por ter uma alienígena no seu corpo e Peregrina por não ser capaz de assumir totalmente o controle do corpo. Peregrina/Melanie tentam se acostumar com uma convivendo com a outra.

Eu fiquei anciosa pela história assim que terminei de ler a sinopse. Como todo livro de ficção cientifica ele é um pouco paradão nos primeiro capitulo, e chega levar a té um tempinho pra conhecer o ambiente. Mas depois ela te prende. A construção dos personagens, até então confusa, começou a tomar forma e ficou clara a finalidade de cada um dentro do contexto. O que mais me chamou atenção no livro foi o inimigo que Meyer escolheu. Já vimos de tudo em livros, vampiros, lobisomens, anjos, caçadores de anjos, de almas, de criaturas sobrenaturais, ETS e muitas outras doideiras. Mas é a primeira vez que eu tinha escultado falar em almas, e achei bem interessante essa escolha. 

Um pouquinho mais na frente a gente dar de cara com um quarteto amoroso, mas com 3 corpos. (Melanie ama Jared e Jared ama Melanie. Peg ama Jared que a odeia. Ian ama Peg e Peg acaba amando Ian). É meio que um triângulo amoroso, só que como existem 2 corpos dentro de um, acaba virando um "quarteto". Jared-Melanie/Peregrina-Ian faz os leitores suspirarem de tão "fofo". Pelo outro, temos o bom e velho clichê de um amor "quebra-cabeça", a marca registrada de Stephenie Meyer. E a grande surpresa, o ápice desta história não é o amor entre Melanie e Jared, mas sim o de Peregrina e Ian. Um amor que surge e se fortalece entre as adversidades que Peg enfrenta ao ser feita refém dos humanos. Os relacionamentos nascem de forma natural e se fortalecem ao longo do tempo, não existe aquela paixão instantânea que torna as coisas irreais. A Hospedeira explora valores éticos que tornam a leitura mais profunda, mais adulta, apesar de ainda ser voltado ao público jovem, e torna-se tão envolvente ao longo da trama que você realmente passa acreditar no que as personagens estão vivendo.

Não vou contar o final do livro, mas a história é maravilhosa. Desenvolve-se de forma lenta no começo, mas apesar do livro ser grande (quase 600 páginas) você acaba lendo rápido e conviver com todos aqueles personagens é uma sobrecarga de tantas emoções conflitantes. O que eu mais gosto nesse livro são os personagens. A resistência humana é formada por tantos personagens diferentes, e, cada um deles ao longo do livro vai se tornando especial pro leitor por variados motivos. Achei extraordinário a forma como ela conseguiu fazer de uma simples célula de humanos foragidos, o paraíso para quem ama a interação humana e sobrevivência. Criou uma protagonista que se divide em duas para trazer ainda mais perspectiva ao leitor. Única! Nada de tecnologias super modernas, ou algo estilo "Independence Day", foi algo que só as 587 páginas do livro podem explicar. Gosto do suspense que tem no livro, me deixa mais curiosa, e o que é mais impactante na minha opinião é que é uma historia tão improvável com um final feliz impossível de ser imaginado. Quando você pensa que tudo acabou para Peg, que o final feliz ia ser só de Mel, você se surpreende e vê que o final feliz pode ser para todos. E os personagens do livro são incríveis. Eu simplesmente amei esse livro. A estória é diferente de tudo do que eu já havia visto até agora. 

Agora se você leu e pensou ” pra que ler? Vou assistir o filme.” Não faça isso. Eu gostei muito da adaptação, não modificaram tanta coisa quanto eu pensei que tinham modificado. Ficou bem fiel ao livro. Li algumas criticas que reclamavam sobre o fato de metade do filme aparecer a atriz falando sozinha, e que era a mesma história amorosa de Crepúsculo. Muita gente diz que o filme é um lixo, apenas porque foi escrito pela autora de Crepúsculo. Apesar de lento e ter os clichês que afinal, todo filme com romance tem, a história é completa e totalmente diferente, e acho que você deveria dar uma chance e ler o livro. O livro é grande, com muita informação. Duas pessoas em um corpo, que pode ser confuso, mas a maior parte do tempo, Peg que conduz a história. Letras diferenciam quando Mel pensa. Eu super indico "A Hospedeira" para todos que curte ficção científica, para quem assistiu o filme, e para quem adora romance misturado com ação.

E pra quem já leu o livro mais ainda não viu o filme os atores Saoirse Ronan, Max Irons e Jake Abel) vivem os personagens centrais da trama. Desconfio que as escolha, foram para alcançar mais uma vez um sucesso estrondoso como o público jovem. Mas não fiquei nem um pouco mal de ter dois caras mega lindo no filme. Sem problema hehehehe.

24.8.16

Rabiscos na Cozinha

Oi pessoal. Vocês já ouviram falar no Rabiscos na Cozinha.? É um tumblr da Thais Ferreira onde ela posta dicas de receitas super práticas em forma de ilustrações. Na verdade eu acho que o tumblr deva estar desatualizado, pois já faz um tempo que não postam nem uma novidade, mas mesmo sendo um pouco antigo eu achei a ideia tão legal que resolvi mostrar pra vocês. Muita gente passa por apuros na hora de cozinhar ou preparar receitinhas básicas e cotidianas. Para facilitar esse processo, ela criou tirinhas ilustradas, pra ensinar receitas super simples, que você prepara com poucos ingredientes e em pouco tempo – tudo deforma colorida e divertida. E não são desenhos bem feitinhos com cores de aquarela e tudo mais, mais rabiscos mesmo, como se tivesse feito por uma criança, uma forma simples, pratica e sem rodeios de ensinar. Eu Amei. O mais legal é vários outros sites apostaram nesse estilo pra ensinar truques e receitas fáceis pra quem não manda muito bem na cozinha. Lembram que eu já falei do Mixadão aqui, que é um site incrível que também faz essas montagens mega fofa. Inclusive o mixadão tem até um livrinho com as receitinhas, seria maneiro se o Rabisco na Cozinha tivesse um livro também. Confere ai as receitas.

23.8.16

11 Anos com os Irmãos Winchester

Quem ai viu a 11ª Temporada de Supernatural? Eu sim e amei. Eu já disse em algumas resenhas de séries que fiz aqui no blog, que esticar as temporadas demais acaba transformando uma serie boa em uma série cansativa e com um final trágico. Mais existe uma exceção a regra. Sobrenatural é essa exceção. Desde que eu comecei a acompanhar a série, lá por volta dos meus 10/11 anos eu nunca conseguir imaginar um fim pra ela. Os irmão Winchester já foram ao céu, ao inferno, morreram, vivaram demônio, anjos, foram ao purgatório, evitaram o apocalipse várias vezes, se apaixonaram por demônio, por anjos, por lobisomens, mataram bruxas, espíritos, fadas, extra terrestres, monstros, deuses e curaram um ursinho de pelúcia. - hahahahaha. Eles são como uma família pra mim. Não dar pra imaginar o fim da série Supernatural porque simplesmente não haverá final. Isso mesmo... Já podem comemorar. Os boatos que essa seria a última temporada da série não e verdade. Os executivos do The CW garantiram em um evento que não vêem um final próximo para as aventuras dos irmãos Winchester. A série já passou a marca dos 200 episódios. Muitos seriados chegam ao seu 100º episódio, mas poucos têm a honra de atingir a marca de 200 capítulos transmitidos. E para nossa grande e eterna felicidade com esse mundo assustador que tanto amamos, Jared e Jesen já toparam continuarem com seus personagens: "Estamos muito felizes que eles querem permanecer no elenco. Os dois trazem alegria e entusiasmo para o estúdio todos os dias". (Batam palmas por favor!). E para os seres que não fazem parte dessa galáxia saibam que: Supernatural já está na sua 11ª temporada e já foi oficialmente renovada para sua 12ª temporada com força total, mesmo os números não estando entre os melhores se comparando a algumas produções como GOT ou TWD, ela vai continuar firme e forte. Não é incrível? Resumindo a série não vai acabar enquanto os atores quiserem, então J.J. não ouse pisar na bolar com os Hunters, viu, Your Bitch, hahahahaha.

OBS: Esse vídeo é bem grandinho, mais ele tem o resumo completo das 10 temporadas. Vale apena assistir. (Cada vez que aparecer "a estrada até aqui", é o resumo da outra temporada, isso vai aparecer 10 vezes). [TEM SPOILER]

Pra quem ainda não conhece a série o que eu acho um erro imperdoável (até o momento que você terminar de assistir todas, é claro). Supernatural conta a história de Dean Winchester (Jensen Ackles) e Sam Winchester (Jared Padalecki), dois irmãos que lutam contra criaturas cuja existência é desconhecida pela maioria das pessoas. Os irmãos perderam a sua mãe num incêndio que foi causado por circunstâncias sobrenaturais. Como resultado, o seu pai, John, dedicou a sua vida a viajar por todo o país para tentar descobrir o que causou a morte da sua mulher e procurar vingança. Ele levou os seus filhos consigo, treinando-os para lutar contra o mal.
A série segue aquele parâmetro, cada episódio um novo caso, como "How to Get Away with Murder" ou "Dr. House". É uma série de suspense (o que é obvio já que o nome dela é sobrenatural). Foi criada por Eric Kripke, produzida pela Warner Bros e estreou em 13 de setembro de 2005Originalmente, Kripke planejou a série para três temporadas, mas posteriormente expandiu para cinco. E agora estamos com 12, ebaaaaa.
Algumas curiosidade bem legais sobre a série, e que muitos fãs não sabiam é que: Kripke estava desenvolvendo Supernatural há quase dez anos; na sua ideia original, os Winchesters não existiam, a história baseava-se em jornalistas que relatava em suas notícias acontecimentos sobrenaturais. O que seria das nossas vidas sem os WInchester? Antes de levar Supernatural para a televisão, o criador Eric Kripke tinha desenvolvido a série durante quase dez anos, tendo sido fascinado por lendas urbanas desde que era criança. Ele queria que fosse uma série na estrada por achar que essa era "a melhor forma de contar essas histórias porque é puro, despojado e incomparavelmente americano... Estas histórias existem em várias pequenas cidades espalhadas por todo o país, e faz muito mais sentido chegar e ir embora destas histórias dirigindo". Super original né?
Quanto ao nome que daria aos protagonistas, Kripke decidiu que se chamariam "Sal" e "Dean" como homenagem ao romance "On the Road". Contudo, achou que "Sal" não era o melhor nome para um personagem principal e mudou-o para "Sam". Originalmente, o último nome dos irmãos seria "Harrison" para fazer referência ao ator "Harrison Ford", mais Kripke queria que Dean tivesse "a presunção ousada e imprudente de Han Solo". Porém, havia um Sam Harrison que morava no Kansas, por isso o nome teve de ser mudado por razões legais. Para combinar o seu interesse na "Winchester Mystery House", Kripke deu-lhes o sobrenome de "Winchester". Contudo, também isto criou um problema. O nome original do pai de Sam e Dean era "Jack" e também havia um Jack Winchester no Kansas, o que forçou Kripke a mudar o nome do personagem para "John". 
Sabe quem interpreta Jhon? "Jeffrey Dean", que também faz Negan, o maior vilão de The Walking Dead. E ai, agora ficou ansiosa pra assistir? Aposto que sim, hehehe.
Quando era mais jovem, Kripke gostava de ver séries em que o carro era um símbolo, isto levou-o a incluir um em Supernatural. Ele queria que o carro fosse um Mustang de 65, mas o seu vizinho convenceu-o a mudá-lo para um Impala de 67,já que "você não pode colocar um cadáver no porta-malas" e porque "queria um carro que, quando pára num sinal, faça as pessoas trancar as portas". "Ele não é um carro bonito. É um carro agressivo, musculoso, e eu acho que é a isso que as pessoas reagem, porque se encaixa tão bem no tom do nosso programa".
Ha, é sabe porque Padalecki decidiu aceitar o papel de Sam? Justamente por causa do seu gosto por séries de terror, e ele também queria muito ser o "herói da série" e chegou até a se comparar com o Neo de Matrix e o Luke Skywalker de Star Wars.
E pra terminar o pôster fiquem com esse comentário do produtor que resume toda a série: "Sempre foi uma série sobre a família, muito mais do que qualquer outra coisa. A mitologia é apenas um motor para levantar questões sobre a família. Um irmão mais velho cuidando de um irmão mais novo, querendo saber se você tem que matar a pessoa que você mais ama, a lealdade familiar contra a obrigação da família bem maior, em comparação com a felicidade pessoal ... "
—Eric Kripke

Então se você gosta de um bom suspense, caça as bruxas, rock do bom, e séries para se viciar, cola comigo e vem se tornar uma Hunter também. Se já assistiu Supernatural deixa ai nos comentários o que você acha dela. E aproveita pra me indicar alguma série boa que você acha que eu não posso deixar de assistir. Beijos!

22.8.16

Receita de Minutos da Gisele

Quem não adora de vez em quando colocar a mão na massa e preparar algum petisco pra lanchar de tarde, e é claro postar uma fotinha no insta. E é isso por isso que eu vim aqui dividir com vocês umas receitas bem práticas e fáceis eu encontrei no “Receitas de minuto”. Como o nome já diz, são bem simples o que é ótimo. Eu sou péssima na cozinha mais adoro cozinhar, então eu sempre procuro receitas fáceis e rápidas, sem muito detalhe e ingredientes diferentes, e o Receitas de minuto tem um bocado de receitas incríveis que dar pra qualquer pessoa fazer em casa sem medo de não prestar no final. O canal lembra muito o ICKFD da Dani Noce, só que as receitas da Gisele Souza são bem mais simples. Sem tantos ingredientes mega difíceis de encontrar, caso você more em cidade pequena. Então vale muito a pena dar uma passada no canal dela e conferir todas as receitinhas que ela ensina por lá. Separei as mais simples que eu encontrei pra vocês. Espero que gostem.

21.8.16

Tag: Vilões

Oi pessoal. A algum tempo eu fiz dois pôster aqui no blog sobre vilões. Um foi falando quais eram os meus vilões preferidos, e o outro foi assim que eu terminei de assistir Once Upon a Time, eu mostrei as vilãs mais incríveis da série. Hoje eu dei de cara com um tag de vilões lá no blog Estação 97 e AMEI. Quem nunca torceu para algum vilão se dar bem no final da trama? Eu já. As vezes nos apegamos tanto ao antagonista que a gente cruza os dedos pra que os planos maldosos dê certo. E muitas das vezes os vilões são tão amados que chega a deixar os herói no chinelo. Afinal quem ai não AMA o Coringa? Já que estamos no clima do incrível "Esquadrão Suicida", nada melhor do que uma listinha pra gente relembrar uns vilões mais fodas. Então sem mais delongas, vamos dar uma olhada nas perguntas? Haa, e lembrando, como eu já citei alguns dos meus vilões preferidos nesse pôster, como Coringa, Loki, Gru, Magneto, Voldemort, Scar, Belatriz Lestrange, e vários outros, então vou tentar não repetir os mesmo aqui, pra ficar mais diversificado beleza?!
PS: Eu não entendi muito bem porque tem o nome de um vilão antes da pergunta...

1. [DARTH VADER] Qual vilão te levou para o Dark Side?
Coringa. Bom não tem como não amar esse personagem né... Quando a gente pensa em vilão, ele é o primeiro que vem na cabeça, principalmente aquele interpretado pelo nosso eterno Ledger
2. [MALÉVOLA] Qual sua vilã diva?
Arquelina. Quem ai não tá surtando pra assistir Esquadrão Suicida? O filme nem saiu ainda e todos já pegamos um eterno amor pela louquinha Arquelina. Eu não li os quadrinho ainda, mais com certeza eu já adoro ela.
3. [VOLDEMORT] Um vilão que tenha poderes mágicos.
Klaus Mikaelson. Tecnicamente ele tem poderes especiais já que ele consegue controlar humanos e lobisomens. Klaus foi o motivo pra eu assistir The Vampires Diaires até o final, e me viciar em The Originals. Ele é perfeito.
4. [FREDDY KRUEGER] Um vilão que te tirou o sono.
Eu já disse aqui um milhão de vezes que sou super fã de Supernatural, e logo quando eu comecei a assistir a série lá com meus 11/12 anos e morria de medo de Lucifer, nossa era mô treta pra eu conseguir dormir de noite. Não sei porque, ele não é tão assustador assim, mais nessa época era difícil eu assistir um episodio com ele e passar horas sem conseguir pegar no sono.
5. [CORINGA] Um vilão que rouba a cena.
Quem ai era fão de Prision Break (como eu) se derreteu toda quando quando descobriu que quem iria fazer o Capitão Frio era justamente o Wentworth Miller. E venhamos e convenhamos, ele e seu maninho arrasou na trapaça.
6. [DRÁCULA] Um vilão que te seduziu.

Erik de True Blood. Sabe um desse vilão quase mocinho que todo mundo morre de medo, que não é lindo mais é sex e irresistível? Então, o Erik é assim. Ele é um Mega vilão da série.
7. [SCAR] Um vilão que marcou a sua infância.
Eu era apaixonada pela animação os Incríveis, acho que foi uma das minha primeira animações preferidas, e então acho que o vilão que eu mais via era o Bochecha, já que eu não parava nunca de assistir os Incríveis.
8. [HANNIBAL LECTER] Um vilão que te intriga.
Benjamin Linus de Lost. Eu já terminei todas as temporadas mais ainda não tenho uma opinião formada sobre o personagem. Não sei se gosto ou odeio ele por tudo que fez, ele é bem esquinitinho e um tremendo trapaceiro.
9. [TRIPA SECA] Um vilão que te faz rir.
Damon Salvatore. Damon é lindo, sex e irresistível, eu sei, mais o que me encanta mais no desgraçado é o senso de humor dele. Ele está sempre brincando e enchendo o saco de todo mundo.
E tem outro personagem que eu acho que pode ser considerado vilão em certos aspectos, já que ele não é o mocinho dócil, bonzinho e "heroico" que se preocupa com o bem estar de todos. Dr. House, da série com o mesmo nome. Eu ADORO o Doutor House, ele tem um caráter sherlockiano, na maioria das vezes é mega rude com seus paciente, é um pouco sádico e hipócrita também. Então acho que dar pra considerar ele um vilão. Mais não dar pra negar que ele é um tremendo sarcástico cheio de piadinhas que faz todo mundo ficar caladinho.

10. [DEXTER] Um anti-herói.
Adivinha quem é... Deadpol, obvio. Quem não adorou o filme com o personagem mais ridículo interpretado pelo lindo Ryan Reynolds? Ele é definitivamente o Anti-Herói mais incrível que existe e já existiu, se tiver outro please, me apresente.

20.8.16

Filmes Gêmeos

É comum quando estamos assistindo algum filme, a gente notar uma semelhança com outros filme A História, o cenário e até a conclusão, é basicamente a mesma história com personagens diferente. É difícil dizer se e falta de criatividade dos produtores ou mera coincidência, mais é bem chato né. Começar um filme sabendo como ela vai terminar, nada de surpresas, nada de "Gran Finale"... Alguns filmes são lançados no mesmo ano ou apenas com pouca diferencia de mês, esses ai eu até dou um desconto, tipo, haaa os produtores tiveram ideias idênticas, como iam saber que estavam fazendo um filmes praticamente iguais se estavam produzido no mesmo tempo. Mas já tem filmes que tem anos de diferença e mesmo assim o produtor vai lá e lança outro praticamente idêntico, ai ninguém merece né... Eu separei duplas de filmes que são bem parecidos e que um ou outro você provavelmente conhece. Confere ai e diz qual dessas duplas é mais parecidas. 

19.8.16

Os 7 Melhores Filmes Biográficos.

Esses últimos dias eu tenho liberado vários pôster com dicas incríeis de filmes, espero que vocês não fiquem chatiados porque agora vai mais um pôster. Eu amo filmes, e tô sempre assistindo algum seja antigo ou novo, e gosto de sempre vir compartilhar com vocês quando a história é boa. Por isso estamos qui mais uma vez pra trazer mais dicas. Existem um milhão de biografias incríveis que ao longo do tempo vem sendo adaptadas para os cinemas. O legal? Além de um passatempo ótimo que é assistir, a gente aprende muita coisa sobre o passado, seja sobre a revolução, moda, história, cultura, arte, ou uma simples história de amor. Sim, os filmes pode nos ensinar muita coisa, e é essa a aposta pra hoje. Eu separei meus 7 filmes biográficos preferidos e vim compartilhar com vocês. É claro que tem bem mais do que isso, mais algumas produções são mito antigas, outras são histórias que não gostei muito. Então eu escolhi apenas o que eu realmente curto, e indico pra vocês. Espero que gostem. Vocês podem sentir falta de alguns filmes como o da Coco Chanel ou de Maria Antonieta. Eu não coloquei eles na lista de hoje porque já tem outra lista de filmes com eles que eu liberei aqui no blog, então não quero ficar repetindo os mesmos filmes nos pôsteres. Então se você quer conhecer os três melhores filmes sobre histórias de princesas reais (clique aqui). Ou se você é apaixonado por moda quer ver os melhores filmes sobre o tema (clique aqui). São histórias ótima.
Sete Dias com Marilyn: Falecida há 50 anos, Marilyn Monroe permanece até hoje no imaginário de muitos cinéfilos. Em 15 anos de profissão, ela trabalhou em aproximadamente 30 filmes. Em 1957, procurando ser mais respeitada como atriz, viajou para a Inglaterra para trabalhar com o cultuado Laurence Olivier em O Príncipe Encantado. É justamente este período na vida da estrela que é abordado em Sete Dias com Marilyn. 
Embora esteja distante de ser uma obra-prima, o filme é bem interessante e cumpre seu papel de resgatar tal momento na vida de Monroe. O grande mérito para isso foi a escolha de Michelle Williams para incorporar a personagem. O tipo físico discreto e sua forte veia dramática fizeram com que muitos desconfiassem da atriz, com alguns chegando a apontar que Scarlett Johansson seria uma escolha bem melhor. Quem pensou assim, certamente mudará de ideia após conferir a produção, uma vez que Williams entrega uma Marilyn graciosa e cativante, fazendo com que os espectadores se apaixonem por ela ao mesmo tempo que o personagem Colin Clark, vivido pelo jovem Eddie Redmayne.
Grandes Olhos: A história real por trás de Grandes Olhos é extraordinária. Margaret D. H. Keane se divorcia de seu primeiro marido e se muda para São Francisco onde conhece Walter. Este se encanta pela pintora que retratava crianças com olhos exageradamente grandes e rapidamente a pede em casamento. Aos poucos, com o talento de Margaret para pintura e o marketing pessoal de Walter, os quadros das crianças se tornam um sucesso. Mas todos parecem acreditar que é Walter o verdadeiro pintor. Ele constrói uma carreira em cima dessa mentira e vai deixando Margaret cada vez mais perto de surtar. É curioso que esta trama tenha sido filmada por Tim Burton, autor de grandes obras fantásticas como Alice no País das Maravilhas, A Fantástica Fábrica de Chocolate e Edward Mãos de Tesoura. Após uma série de produções mal-sucedidas, ele decidiu se arriscar em um drama simples e naturalista. A intenção é boa, e muitos cineastas conseguiram retomar rumos mais criativos após fugirem de seus estilos habituais.
A Teoria de Tudo: Todos já ouviram falar de Stephen Hawking. Em A Teoria de Tudo, o filme nos mostra o cientista ainda jovem, que acaba condenado à cadeira de rodas por pura obra do acaso. Ainda assim ele é genial e desenvolve, com base em erros, sua teoria sobre buracos negros. Apesar de Hawking passar a maior parte do tempo mudo, Eddie Redmayne soube atuar de forma incrível com seus trejeitos e expressões. O filme é recheado de licença poética, o que pode fazê-lo parecer uma comédia romântica.
Sniper Americano: O filme conta a historia de Chris Kyle, considerado o sniper mais letal dos Estados Unidos. Pois é, o filme é foda. Não dá pra negar que ele era bom no que fazia, mas você pode ver esse filme por duas óticas: a primeira, que conta a história de um herói de guerra condecorado que, possivelmente, definiu o rumo de diversas operações. Se visto com um pouco mais de crítica, a segunda visão é bem menos gloriosa. Ela diz respeito ao lado que vem depois da guerra, a dificuldade de voltar pra casa de corpo e alma. Aos poucos, o atirador se torna obsessivo com seu dever, o que acaba sendo prejudicial para Chris e quem estava ao seu redor, na família ou mesmo no pelotão.
O Pianista: Um filme triste sobre a segunda guerra na Alemanha Nazista. Esse período está cheio de histórias trágicas! Władysław Szpilman é um pianista judeu que trabalha numa rádio da Varsóvia. Durante a segunda guerra ele foge para o Reino Unido na esperança de que a guerra não se prolongue demais, porém se percebe cada vez mais enganado.
127 Horas: Interpretado por James Franco, Aaron Ralston era um alpinista que ficou preso pelo braço em uma pedra e, sem nenhuma chance de resgate, amputou o próprio braço para sobreviver. E você se achava o foda não é? O desenvolvimento do filme se dá a partir disso e te deixa tenso. Não dá pra contar qualquer coisa além disso. O resto do filme é só sentir.
O Jogo da Imitação: Alan Turing liderou uma equipe da inteligência britânica durante a segunda guerra. O objetivo desse grupo? Decodificar as mensagens interceptadas da Alemanha Nazista. Tais mensagens eram codificadas com a máquina Enigma, que se atualizava a cada 24 horas. A história é narrada por Turing durante um interrogatório e alternada com cenas da sua infância mostrando sua grande inteligência prodigiosa e como acabou por se interessar pela criptografia.

18.8.16

Cover #6 Madilyn Bailey


Madilyn Bailey é uma cantora e compositor americana de Wisconsin que se tornou famosa internacionalmente por seus covers no YouTube. Ela encontrou sucesso na Europa após assinar com PlayOn uma sub-label da Warner Music lançando um cover de "Titanium" de David Guetta. Ela é super novinha e tem uma voz incrível, faz covers de músicas famosas, mas também compõe suas próprias canções. A linda já tem mais de 32 milhões de visualizações no canal. A voz dela é tão linda e os covers tão bons quem alguns chegam a ser melhores que a original. Pra conhecer mais do trabalho dela é só acessar as redes sociais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...