É tanta coisa na cabeça que de vez em quando a gente se pergunta: é isso mesmo que quero? Afinal, quem sou eu? O que estou fazendo da minha vida? Estou dando atenção para as coisas certas? Estou gastando energia no que realmente importa? Estou dando a devida atenção para quem gosta de mim? A gente fica nesse mar de perguntas e nada até encontrar uma resposta.

3.5.16

Ele está proibido de se apaixonar

A gente faz muita coisa pelas pessoas que amamos. Eu mesmo joguei o pau da cabana fora mais vezes do que posso imaginar, infringi leis e passei a vida toda me escondendo. Porque eu amava. O amor é um erro, eu sempre penso que isso que eles deviam colocar nas histórias de ficção, e na moral dos filmes de romance. Eu acreditava que metendo o pé um dia as coisas se acertariam. Acreditava que meus sonhos se tornariam reais, como eles falavam, sempre me diziam pra acreditar e correr a trás. Eu corri. Corri muito. O problema é que estava correndo na direção errada, e cada passo aquela dorzinha lá no fundo só fazia aumentar mais e mais. Eu não fazia ideia que estava transformando meu coração em uma grande pedra escura. Eu amei. Entreguei-me, e arranhei com toda forças as pessoas que diziam que não daria certo, e isso foi bom pra me mostrar que sou forte pra enfrentar qualquer coisa. O problema é que eu era a única lutando. A única que estava se entregando. Eu joguei as cartas foras, esperei a poeira baixar, depois de toda confusão que arrumei achei quer te dar um tempo seria o suficiente para depois você me dar uma vida inteira. O problema é que você já tinha sua vida, já tinha um coração. Eu não sei se fui a idiota por ter me jogado com tanta certeza nesse buraco sem fim, ou se você foi estupido por não me segurar. Mas de uma coisa eu tenho certeza, vou ter uma séria conversa com meu coração. Ele está oficialmente proibido de se apaixonar novamente. Se para ser amada é preciso sacrificar tudo, e a passar noites em claro chorando, eu prefiro apenas ser feliz, em alguma casinha na beira da praia vendo o por do sol, e tomando chá gelado na varanda, sozinha. A vida já me deu mais rasteiras do que poderia suportar, agora é hora de se virar e provar pra todo mundo que achava que nunca iria me recuperar desse tombo, que eu sou independente.  E que a única pessoa que pode garantir a minha felicidade sou eu mesma e mas ninguém.

2 comentários:

  1. Me tocou e muito esse texto, já me senti desse jeito, graças a Deus e eu escolhi o amor próprio e hoje em dia eu encontrei uma pessoa boa, que me respeita e que me completa. Sou feliz :)
    http://souadultaagora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haa que bom. Eu não tive sorte de encontrar essa pessoa ar certa, ainda, mas você está completamente certa. Amor próprio vem em primeiro lugar sempre.
      Beijão linda!

      Excluir

Vai postar um comentário? Ebaaaaa.
Espero que tenha gostado dos conteúdos do GLP, prometo que retribuirei seu comentário logo me breve, é só deixar o link do seu blog, e assim que possível, farei um visitinha. Prometo. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...