É tanta coisa na cabeça que de vez em quando a gente se pergunta: é isso mesmo que quero? Afinal, quem sou eu? O que estou fazendo da minha vida? Estou dando atenção para as coisas certas? Estou gastando energia no que realmente importa? Estou dando a devida atenção para quem gosta de mim? A gente fica nesse mar de perguntas e nada até encontrar uma resposta.

3.2.16

7 lições de Daenerys Targaryen para se dar bem na vida.

Eu amo Game Of Thrones, e um dos meus personagens favorito em toda história e Daenerys Targaryen, ela é incrível, o sinônimo perfeito de poderosa. Pra quem conhece a história, sabe quem é a loira com dragões, na série. Mais se você não conhece ainda, vou fazer um breve resumo de como uma garotinha com um passado complicado, um irmão ambicioso, um casamento arranjado de tornou a rainha dos dragões.

Daenerys nasceu enquanto uma grande tempestade caía sobre Pedra do Dragão e destruía a frota Targaryen, sendo esta a razão para chamarem-na de "Daenerys Nascida da Tormenta". Sua mãe morreu no parto. Em sua infância, Dany era uma garota tímida e dócil, com pouca confiança e auto-estima. Ela não conheceu outra vida além da que teve no exílio, dependente de seu irmão, que a amedrontava. Ele foi um guardião cruel, propenso a mudanças de humor e surtos de violência. Seu casamento com Khal Drogo foi um divisor de águas em sua vida: a necessidade de adaptação ao modo de vida dos dothraki foi difícil, mas significou o início de sua independência perante seu abusivo irmão, e ela se tornou uma mulher forte, confiante e corajosa. Apesar disso, ela não esqueceu como era ser uma criança maltratada, e suas experiências a contribuíram para que se tornasse uma conquistadora um tanto propensa à piedade. Ela é determinada a trazer justiça a seu reino, e põe o fim da escravidão como uma prioridade particupar. A despeito de sua compaixão, porém, ela é capaz de ser dura e impiedosa com seus inimigos. Seus seguidores tem por ela grande respeito e amor, ela possui grande carisma como líder, determinação, inteligência e forte senso de justiça.
Essa é a história de Daenery, e desde o o inicio da serie que eu torço pra que ela finalmente consiga conquistar o trono de ferro. E enquanto eu estava fazendo um poster aqui pro blog, acabei me deparando com uma matéria interessante no site Pequenas Empresas & Grandes Negócios, a matéria se chamava "7 lições de empreendedorismo de Daenerys Targaryen de Game Of Thrones". Eu achei super bacana os tópicos que eles separam e resolvi compartilhar aqui com vocês. Essas dicas não servem apenas para quem quer abrir uma empresa, mais é uma lição de vida. Significa que não é só porque você é mulher e está sobre o comando de alguém que você tem que se submeter. Você pode sim virar a página e se destacar, pode correr atrás dos seus sonhos, mesmo que isso seja lutar contra o mundo, como foi o de Dany. Ela era uma garota que queria conquistar o Trono de Ferro mais não tinha, casa, soldados, espadas, nada que pudesse ser como a luz no fim do túnel. Ela começou do zero. Correu a trás e começou a acreditar que ela merecia aquilo mais que qualquer um, e que era capaz. Sonhar e esperar que os sonhos venham voando até você não é o mesmo que tentar e correr a trás. Então antes de passar as 7 lições, eu peço que acredite nos seus sonhos, acredite que você é capaz de ser quem você quiser, só basta você traçar as estrategias, identificar as oportunidades, desenvolve-las e dar o primeiro passo.
Se cair, levante-se – Daenerys era uma princesa até o dia em que seu pai, o rei Aerys II, foi deposto e assassinado. Não sobrou outra alternativa a Dany, e a seu irmão, Viserys, a não ser fugir. E eles foram longe: acabaram em outro continente. Dany e seu irmão passaram anos dependendo de esmolas para sobreviver. Apesar disso, Viserys se considerava o herdeiro do Trono de Ferro, cadeira ocupada pelo rei de Westeros. Visando a oportunidade de formar um exército, o rapaz tramou a união de sua irmã com o líder de um povo bárbaro, mas com grande efetivo militar. E aí a sorte de Daenerys começou a sorrir.
Valorize as pessoas – Daenerys também manda bem no RH. Em sua trajetória rumo ao Trono de Ferro, Dany contou com a ajuda de serviçais e comandantes de guerra. Em reconhecimento ao trabalho, a moça trata muito bem as pessoas e leva em conta a opinião dos envolvidos nos confrontos com inimigos. Ignorar as opiniões e querer ser o dono da razão o tempo todo e burrice na certa. Você nunca vai conseguir nada sozinha, cedo ou tarde vai precisar de alguém pra te ajudar.
Prepare-se para o que está por vir – A tal tribo bárbara era do povo dothraki. Apesar das diferenças entre Dany e seu marido, eles começaram a se dar bem. O problema é que Viserys era, digamos, mal educado – e acabou tendo uma morte brutal e dourada. Antes da morte de Viserys, Dany era tímida e insegura. Mas percebendo que poderia reclamar o Trono de Ferro, ela mudou sua personalidade e começou a se tornar uma líder.

Fale várias línguas – Dany é adolescente – apesar de, na TV, parecer ser mais velha –, mas já é poliglota. A menina foi educada em valiriano, depois aprendeu o idioma comum e se tornou fluente em dothraki em, tipo, três episódios! Essa habilidade faz com que Dany não tenha problemas em falar com pessoas dos mais diferentes lugares, algo mais do que necessário no mundo de hoje.

Tenha um diferencial – O dinheiro é importante em "Game of Thrones", mas Dany contou com um aporte que não é feito de metal: seus dragões. Assim como empresas bem-sucedidas têm diferenciais, Dany tem o seu: animais que nenhuma outra pessoa no mundo tem e podem ser a chave de seu sucesso.

Aprenda com os erros – Antes dos dragões, Daenerys teve outro "aporte" essencial: o exército dothraki de Drogo. Mas um erro de Dany colocou tudo a perder. Por confiar em uma feiticeira, perdeu Drogo e o filho. Mas aprendeu a lição para não cometer erros parecidos no futuro.
O sucesso não tem idade – De acordo com os livros, Daenerys começa sua luta pelo Trono de Ferro aos 14 anos. Antes disso, viu sua família ser dizimada. Perde o irmão, o filho e o marido. E mesmo assim, demonstra maturidade para superar os traumas e se torna uma real postulante ao cargo de rainha de Westeros. Dany, pelo menos no mundo de George R. R. Martin, é a prova de que não há idade para empreender, apesar dos obstáculos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vai postar um comentário? Ebaaaaa.
Espero que tenha gostado dos conteúdos do GLP, prometo que retribuirei seu comentário logo me breve, é só deixar o link do seu blog, e assim que possível, farei um visitinha. Prometo. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...