É tanta coisa na cabeça que de vez em quando a gente se pergunta: é isso mesmo que quero? Afinal, quem sou eu? O que estou fazendo da minha vida? Estou dando atenção para as coisas certas? Estou gastando energia no que realmente importa? Estou dando a devida atenção para quem gosta de mim? A gente fica nesse mar de perguntas e nada até encontrar uma resposta.

12.1.16

Talvez ele tenha a forma do seu coração.

Acredita que até hoje as pessoas me perguntam por que a gente terminou?! Elas falam: “vocês eram tão lindos juntos”, só que beleza nunca foi sinônimo de felicidade. Eu nunca entendi o fato de você ter se apaixonado por mim. Você era o galã do bairro, as garotas até soltavam suspirinhos quando você passava. E eu, bem, eu era mais nova que você e não fazia parte dos populares daquele clube particular de dança. Eu ainda estava me encontrando. Estava tentando superar o divórcio dos meus pais e o problema com drogas do meu irmão. Não tinha grana e a casa em que morávamos era alugada e estava caindo aos pedações. Mais ainda sim você viu algo em mim, algo que eu procuro até hoje na frente do espelho e não consigo encontrar. Minha vida mudou radicalmente quando você começou a fazer parte dela, é como se novos horizontes tivessem aberto para mim. Eu aprendi o que era amor, amizade, sexo, confiança, proteção e liberdade, coisas que nunca havia experimentado antes. Foi dois anos de descobertas, de sensações e de experiências que com certeza eu vou levar pro resto da vida. Muita gente no inicio ficou contra a nossa relação pelo fato de você ter 39 e eu 17, mais quando elas perceberam que era um sentimento mútuo, deixaram o preconceito de lado, e até soltavam olhares brilhantes e risinhos apaixonado quando passávamos.
Mais minha história se repetia novamente, eu só não tinha notado isso ainda. Sabe o fato de que algumas pessoas nasceram pra sofrer? É verdade. E uma dessas pessoas sou eu. Eu sempre faço as escolhas erradas e digo as palavras erradas. Queria poder ter um botão onde pudesse editar algumas partes da minha vida. O problema é que eu não quero passar o resto da minha vida levantando cedinho, fazendo o café da manhã, arrumando a casa e dando amor para um homem só. Nó início eu não sabia como essas coisas funcionava, mais lembra que eu disse que ainda estava me encontrando? Pois bem, eu me encontrei, e descobrir que minha vida não se resume a um casamento perfeito. Não resume apenas a um par de olhos, a um lábio quente e molhado, a um sorriso, a uma pegada, a uma vida. Eu quero poder viver muitas vidas. Se jogar na beira de um abismo pendurada apenas por uma cordinha. Quero experimentar outros gostos de beijos e poder me sentir mais viva a cada noite ao lado de alguém incrível. Não estou dizendo que você não foi bom o suficiente pra mim, isso seria hipocrisia da minha parte, porque até hoje eu acordo ofegante e suada no meio da noite, sentindo sua respiração na minha nuca. O que eu quero dizer, é que você é "homem de uma mulher só". Você já é um “homem”, e eu ainda não cheguei lá. Eu perdi muito tempo na minha bolhinha de sofrimento, mais quando você a estourou, o mundo se tornou gigante demais pros meus olhos, e ainda não estou pronta para aprisionar meu coração ao seu, sem ter me arriscado e amado um pouco mais.
Toda manhã eu me levanto tomo meu capuchino e me jogo, rezando para alguém me segurar. E por esses dois longos anos longe de você, sempre tem aparecido alguém para me sustentar durante minha queda. Talvez no dia que, ao invés de braços forte e musculoso a trás de mim eu acabe encontrando o chão duro e frio, quem sabe, só assim eu descubra que chegou hora de parar. Talvez a história nos ligue novamente. Eu digo isso porque ainda sinto uma pequena faísca de esperança aqui dentro do meu coração. Você deu o espaço que eu precisava para poder respirar sozinha. Não quero ser “de novo” a garota que machucou seu coração, eu quero ser a garota que foi forte para seguir o coração dela mesmo quando metade da sua alma pertencia ao coração de outra pessoa. Você levou um pedacinho meu junto com você, eu ainda não sei se quero ele de volta. Porque talvez essa seja a parte que faz eu desejar apenas seus braços. A parte que me faz querer só os seus beijos e seus carinhos. Eu estou bem sendo amada por outros e me arriscando a quebrar a cara todos os dias. Ainda estou tentando preencher esse buraquinho pequenininho que ficou na minha alma, mais não encontrei nada com  o tamanho e o formato certo que possa preenche-lo. Mais algo me diz que ele tem a forma e espessura do seu coração. 

4 comentários:

  1. Nossa que historia forte, ta mais pra um desabafo de uma garota confusa, é profundo, mais gostei dela :)
    me fez refletir haha'
    beijinhos:* adoro o seu blog

    blog:notasdeumcoracao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu to em choque com esse texto. Dri ta muito perfeito!!! Tas arrasando muito na escrita. Parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tanto como você é claro, Hehehehe. Obrigado Andressa! <3 Posta mais textos lá no blog sua sumida. kkkkkkk

      Excluir

Vai postar um comentário? Ebaaaaa.
Espero que tenha gostado dos conteúdos do GLP, prometo que retribuirei seu comentário logo me breve, é só deixar o link do seu blog, e assim que possível, farei um visitinha. Prometo. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...