É tanta coisa na cabeça que de vez em quando a gente se pergunta: é isso mesmo que quero? Afinal, quem sou eu? O que estou fazendo da minha vida? Estou dando atenção para as coisas certas? Estou gastando energia no que realmente importa? Estou dando a devida atenção para quem gosta de mim? A gente fica nesse mar de perguntas e nada até encontrar uma resposta.

2.12.15

Entenda o que é #MeuPrimeiroAssedio e #MeuAmigoSecreto

Você provavelmente deve ter visto rolando pelas redes sociais essas duas hastegs; #MeuPrimeiroAssedio e #MeuAmigoSecreto, e são sabia o que significava. Logo de inicio, quando eu vir isso, todo mundo postando eu pensei, ais que droga é essa? Pronto mais uma modinha que inventaram e todo planeta terra tá fazendo, porque vocês sabem como as coisas são né. Um solta um peido e faz um vídeo e todo mundo tá fazendo o mesmo. Então eu fui saber o que era dessas hastegs ai. 

A parte boa dessa história é que a mesma Internet palco de assédio é também meio para que as mulheres se organizem e se expressem, coletivamente. A hashtag #MeuPrimeiroAssédio atingiu os trending topics do Brasil e já foi citada mais de 2,5 mil vezes no Twitter. O movimento, organizado pelo coletivo feminista Think Olga, são um protesto contra os comentários com teor sexual direcionadas a uma participante, de apenas 12 anos, do MasterChef Júnior, que estreou na última terça-feira. Questionando o que consideram cultura do estupro, movimentos e mulheres feministas se uniram no movimento nacional, no qual mulheres compartilham situações de assédio e abuso que passaram ainda crianças. “Não adianta fazer piada, desdenhar, minimizar... Afinal, o empoderamento feminino não tem volta. Não mais voltaremos para uma posição de silêncio e medo! Milhares de mulheres dividiram a história do #PrimeiroAssedio que viveram, cometido na infância, com idades tao baixas quanto CINCO anos. Vamos lutar contra essa realidade juntas!”. E milhares de mulheres e homens atenderam ao chamado. Relataram publicamente a primeira vez em que sofreram assédio sexual. Ou ao menos a primeira vez da qual se lembram ter sofrido algum tipo de abuso. 

Depois da campanha #MeuPrimeiroAssédio ter ganhado força na internet, surgiu uma nova investida das mulheres nas redes: é a hashtag #MeuAmigoSecreto. Criada espontaneamente no Twitter, a frase repercutiu na linha do tempo dos brasileiros e marca o Dia Internacional da Não Violência contra as Mulheres. Trata-se de uma compilação de relatos e denúncias de situações de machismo que as mulheres vivem no dia a dia. As mensagens falam desde aquele amigo que parece ser bacana, mas faz comentários babacas em relação às colegas de trabalho, até agressões verbais e físicas. Além de compartilharem suas próprias histórias, as mulheres alertam para outra questão: a hipocrisia de seus colegas e amigos. “Meu amigo secreto se considera pró-feminista, super militante e adepto do amor livre. Ele coloca camiseta de coletivo feminista e compartilha texto falando que o corpo é da mulher. Aí ele silencia mulher nos espaços, aproveita a militância pra pegar mulher, transa com a companheira bêbada. Só mais um misógino, abusivo e machista de esquerda”, escreveu uma internauta. A campanha não foi recebida muito bem pelo tribunal da internet. #Chateados, homens – e muitas mulheres também – encabeçaram uma investida contra a hashtag, criando a #MinhaAmigaSecreta. Com proposta semelhante (algumas das publicações mostram, de fato, a reprodução do machismo por mulheres), a nova campanha chegou aos Trending Topics no Brasil – mas com o objetivo de difamar feministas.
Esses são mais dois dos muitos movimentos feministas que tentam acabar com o machismo e defender, nossa honra da mulher. Além de dar forças para milhares de mulheres e garotas brasileiras, que sofrem abuso sexuais e agressões verbais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vai postar um comentário? Ebaaaaa.
Espero que tenha gostado dos conteúdos do GLP, prometo que retribuirei seu comentário logo me breve, é só deixar o link do seu blog, e assim que possível, farei um visitinha. Prometo. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...