É tanta coisa na cabeça que de vez em quando a gente se pergunta: é isso mesmo que quero? Afinal, quem sou eu? O que estou fazendo da minha vida? Estou dando atenção para as coisas certas? Estou gastando energia no que realmente importa? Estou dando a devida atenção para quem gosta de mim? A gente fica nesse mar de perguntas e nada até encontrar uma resposta.

7.1.15

Os 3 melhores filmes sobre perda


Depois de um dia em casa sem nada pra fazer eu resolvi assistir alguns filmes que eu estava querendo já a um tempão. Dois eu já tinha assistido o ano passado e o outro eu estava doida pra ver. A culpa é das Estrelas eu inclusive já fiz uma resenha dele aqui no blog. Eu sei que não são filmes tão atualizados e que provavelmente você já deve ter assistido, mais eles são do tipo que deixa a vontade de ver de novo. São filmes de romance e dramas. As histórias são incríveis. O meu preferido de todos é Se eu Ficar com a Cloe. O filme é muito triste do tipo que não dar pra assistir sem soltar uma lágrima.

A culpa é das estrelas, é o tipo de filme que todo mundo já conhece. Ele conta a história de uma garota que tem câncer e se apaixona por um cara que já teve câncer também. Ela meios que tem um amor platônico por o escritor de um livro e acaba viajando com esse garoto pra conhece-lo, mais ai acontece que as coisas não saem tão bem como planejadas e o tempo que eles passam juntos em Amsterdã acaba servindo para se conhecerem melhor, o que faz co que amor que sentem um pelo outro só aumente cada vez mais. Ao voltar ela descobre que seu namorado está novamente doente e percebe que um dos dois precisará ser forte o suficiente pois ambos terá que sofrer a dor da perda. 

Agora é pra Sempre, conta a história de uma garota problemática que tem câncer terminal. Tessa tem 16 anos e está em fase terminal de leucemia mais decidiu para o tratamento e aproveitar a vida o máximo possível. Ela criou uma lista de coisas que queria fazer antes de morrer mais ela acaba se apaixonado por seu vizinho. Tessa se ver em um relógio onde ela precisa realizar todos aqueles desejos mais sabe que não tem tempo pra faze-los. Apesar de ser uma garota problemática ela é uma garota que se sente sozinha e mesmo tendo um pai que é obcecado pela doença e uma mãe que não dar a minima ela só que alguém que a faça se sentir segura. Alguém que ela ame e que de alguma forma se importe, não que sinta pena, que apenas se importe com ela, com o mundo dela. Na sua sua lista em primeiro lugar está seu principal desejo: perder a virgindade. Quando ela conhece Adam , encontra uma companhia e um amor com quem compartilhar seus momentos, seus sentimentos e seus medos. Emocionante e tocante, palavras que definem esse filme, a drama que faz você parar e pensar " o que faço da minha vida é o que sempre quis fazer?" Ele é engraçado, comovente e tocante e acima de tudo te ensina a Desapegar, pois a vida é curta, e por mais que você corra nunca terá tempo o suficiente pra conquistar tudo pelo caminho.

Se eu Ficar é o melhor de todos. Ele conta a história de uma garota que é violonista mais tem pais que são ex rockeiros e um namorado que também tem uma banda de rock. Ela está no ultimo ano de faculdade e quer arriscar uma bolsa na Juliard, só que o namorado está indo pra outro estado longe de Nova York tocar com a sua banda. Durante os 10 primeiros minutos do filme, acontece um acidente trágico é ela fica em coma. A garota ser ver entre duas realidades, a que ela viveu junto com sua família, seu namorado e seus amigos, e aquela em que ela está presa em uma coma inconsciente. Dai ela descobre que se quiser ficar ela terá que lutar, a questão é que ela não sabe como, e o que fazer. Conforme ela vai tendo as noticias e decidindo se vai ao encontro da família ou se fica, ela vai relembrando sua vida, como era a vida com seus pais, como conheceu Adam e os altos e baixos do namoro, seu amor pela música e como estava tão próxima de seus objetivos, ela começa a ter flash de como era ela feliz ao lado do cara que amava. É um filme de descoberta do amor, da verdade, e a mais importante de todas: o valor que damos a nossa vida e o quão longe estaríamos dispostos a lutar por ela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vai postar um comentário? Ebaaaaa.
Espero que tenha gostado dos conteúdos do GLP, prometo que retribuirei seu comentário logo me breve, é só deixar o link do seu blog, e assim que possível, farei um visitinha. Prometo. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...