É tanta coisa na cabeça que de vez em quando a gente se pergunta: é isso mesmo que quero? Afinal, quem sou eu? O que estou fazendo da minha vida? Estou dando atenção para as coisas certas? Estou gastando energia no que realmente importa? Estou dando a devida atenção para quem gosta de mim? A gente fica nesse mar de perguntas e nada até encontrar uma resposta.

19.1.15

Resenha: Frozen - Uma Aventura Congelante

Quem não conhece o fofo e incrível filme musical da Disney. Impossível né? Hoje o nome frozen está estampado em todos os lugares, e os nosso queridos personagem; Ana, Elsa e o fofinho Olaf já viraram modinha na internet e na vida real. Eu só apaixonada pelos filmes da Disney, e já fazia um tempão antes da estreia de Frozen que eles não lançavam algo tão incrível. Eu sei que já é um filme bem angitinho mais é que esses dias bateu a vontade de assistir a longa e decidir fazer uma postagem aqui no blog. Pra relembramos a antiga e velha... "Você quer brincar na neve?". Quem nunca saiu dentro de casa cantarolando? Eu já. Com certeza!
Frozen (Frozen - Uma Aventura Congelante no Brasil e Frozen - O Reino do Gelo em Portugal) é um filme de animação musical estadunidense produzido pela Walt Disney Animation Studios. É o 53º filme animado produzido pelo estúdio. Inspirado pelo conto de fadas A Rainha da Neve, de Hans Christian Andersen, narra as desventuras da princesas de Arendelle. A mais jovem, Anna, parte em uma jornada com Kristoff, o homem da montanha, sua leal rena de estimação (Sven) e um boneco de neve (que sonha em experimentar o verão), para encontrar sua irmã Elsa, cujos poderes congelantes transformaram o reino onde vive em um inverno eterno. Frozen estreou em 27 de novembro de 2013, e foi recebido com opiniões positivas pela crítica especialista e também pelo público em geral. O filme foi considerado como o retorno da Disney às animações musicais de alta qualidade como A Bela e a Fera e O Rei Leão. Venceu o Oscar de melhor filme de animação e Melhor Canção Original (Let it Go), e arrecadou mais de um bilhão de dólares nas bilheterias, sendo a animação de maior bilheteria de todos os tempos e a quinta maior bilheteria de todos os tempos.
Gostei bastante dessa animação, sabe? Não só nos surpreende pelo direcionamento do enredo para um final feliz pouco convencional para o gênero, como a parte gráfica dele é sensacional.  E sobre o par romântico de Anna, achei sensacional o fato dele não ser tão perfeitinho e cavalheiro como é a maioria dos homens nos contos de fadas.  Kristof apesar de ser bonitinho, parece um garoto de verdade cheio de defeitos e que não corresponde aos sonhos femininos de perfeição masculina, mas que pelas qualidades de caráter foi escolhido. Nós, nessas décadas de 2000, temos visto muitas princesas que desafiam os velhos padrões, mas acho que essa inovação dos príncipes estava faltando. Frozen é um filme forte, ele é bem mais que uma animação sem contexto e sem base, ele retrata muitas coisas mas sobretudo o amor, de todos os tipos, amor de amigo, amor de casamento, amor de namorado, amor de pai e mãe, mas sobretudo do amor de duas irmãs que jamais desistem daquilo que querem.  E nem preciso dizer que a graça do filme ficou por conta do boneco de neve Olaf, que conseguia ser engraçado e ao mesmo tempo passar um belo sentimento de amizade. Admito que fiquei com medo do que poderia acontecer com ele caso Anna conseguisse fazer sua irmã descongelar tudo, mas nem mesmo isso fez o boneco perder seu encanto, já que ele ansiava por um belo de dia de sol para se bronzear. Hahahaha!

Frozen: Uma Aventura Congelante” não se tornou um fenômeno instantâneo a troco de nada. Com codireção e roteiro de Jennifer Lee, essa adaptação de “A Rainha da Neve” dispensa os príncipes encantados para salvar o dia e ainda trazem duas protagonistas fortes. Frozen não é apenas uma história comum; tem personagens femininas corajosas, destemidas e que lutam pelo que querem, é também um romance pra lá de fofo e inesperado com um musical incrível.. “Let it Go”, é um verdadeiro hino sobre autoaceitação. "Você quer brincar na neve" não vai sair da cabeça de ninguém tão cedo. Recomendo este filme para quem quer uma diversão leve e divertida, mas sem a pretensão de rolar de tanto rir. Tem uma cara de Sessão da Tarde, mas nem por isso deixa de ser um bom filme que irá encantar a todas as idades.
Frozen se destacou tanto no mundo virtual que ganhou diversos cover da musica que foi tema principal na longa, fora as parodias e a quantidade impressionante de jogos onlines disponibilizados na internet e no google play para Androids. E também tem sido grande influência na cultura, como por exemplo nas batalhas e encontros do universo cosplay. Além de ter ganhado um Frozen Summer Fun na incrível e perfeita Hollywood Studios. O evento “Frozen Summer Fun Live!”, que começou no dia 5 de julho, no parque Hollywood Studios, tem encontro com os personagens, rinque de patinação de gelo, fogos e shows ao vivo à noite. Diariamente, às 11h, as princesas Anna e Elsa participam de um cortejo real pelo Hollywood Boulevard, junto de Kristoff e vários moradores de Arandelle, em seus trajes de gala. As irmãs também aparecem no musical “A frozen sing-along celebration”, com apresentações várias vezes por dia (de acordo com a demanda), no teatro do parque, Premiere Theatre. Anna e Elsa recontam a história do reino de Arandelle com projeções e efeitos especiais - e, claro, as músicas da trilha sonora da animação. Incrível né. Pois é u mundo de frozen não ficou apenas nas nossas telinhas ele precisa vir para o mundo real. Ebaa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vai postar um comentário? Ebaaaaa.
Espero que tenha gostado dos conteúdos do GLP, prometo que retribuirei seu comentário logo me breve, é só deixar o link do seu blog, e assim que possível, farei um visitinha. Prometo. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...