É tanta coisa na cabeça que de vez em quando a gente se pergunta: é isso mesmo que quero? Afinal, quem sou eu? O que estou fazendo da minha vida? Estou dando atenção para as coisas certas? Estou gastando energia no que realmente importa? Estou dando a devida atenção para quem gosta de mim? A gente fica nesse mar de perguntas e nada até encontrar uma resposta.

7.11.14

Fantasmas


Dói muito quando nossos fantasmas decidem reaparecer. Hã? Não necessariamente iguais àqueles que assustam agente, não aqueles dos filmes, horripilante e malvados. Eu acredito em fantasmas, eles são os restos invisíveis de um ente querido nosso que já se foi. Às vezes eles são tão invisíveis para que mal se dar para notar a presença, já outras vezes eles nos machucam por dentro, fazendo com que aquele vazio de perda e solidão só cresça mais e mais. Eu já perdi uma pessoa em que amava muito, foi à única em toda minha vida, e doeu pra caramba. Na maior parte das vezes eu estou preocupada demais com meus problemas que não a sinto, em outras vezes posso senti-la, como se me tocasse, mais não literalmente. É como se tentasse ressurgir novamente através de uma roupa, de uma musica, fotografias, frases, gestos, tudo isso faz com que ela esteja pertinho de mim. Às vezes enquanto tento dormir, eu sinto seu sorriso, seus olhos cansado e triste olhando pra mim, nossas confusões dentro de casa, até suas manias que antes e aborreciam hoje tenho saudade. Sinto falta. E agradeço por esse fantasma não ter me abandonado, por me fazer ver que mesmo depois da partida eu ainda posso estar presente na vida das pessoas que eu amo. Isso me deixa feliz, pois eu sei que mesmo que haja apenas cinzas, e que eu esteja aparentemente sozinha, sempre existirá alguém que cujas lembranças me faram rir ou chorar. Existirá alguém que me farar companhia. E mesmo depois de um mundo já desbotado, ainda existe espaço aqui dentro para se lembrar dos pequenos gestos que transforam seus momentos felizes.

Um comentário:

Vai postar um comentário? Ebaaaaa.
Espero que tenha gostado dos conteúdos do GLP, prometo que retribuirei seu comentário logo me breve, é só deixar o link do seu blog, e assim que possível, farei um visitinha. Prometo. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...