É tanta coisa na cabeça que de vez em quando a gente se pergunta: é isso mesmo que quero? Afinal, quem sou eu? O que estou fazendo da minha vida? Estou dando atenção para as coisas certas? Estou gastando energia no que realmente importa? Estou dando a devida atenção para quem gosta de mim? A gente fica nesse mar de perguntas e nada até encontrar uma resposta.

20.11.14

Aquele Olhar


As vezes eu me pego pensando naquele olhar. 
Aquele que eu nunca vi. Aquele que deveria mudar a minha vida e que deveria me chamar pra um encontro. Soltar altos papos fora, até que eles descessem a minha boca quase implorando um beijo. Aquele olhar que iria me acordar todas as noite ao me debater sobre a cama, com medo de um pesadelo. O olhar que todo dia iria me colocar pra dormir e refletiria ao sol ao me acordar. O olhar que me repreenderia e que me deixaria brava por não estar olhando pra mim. O olhar que me protegeria e me amaria independente de qual fosse o gral do meu humor. O olhar que deveria estar aqui, agora me observando enquanto escrevo sobre ele. O olhar que talvez nunca me olhe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vai postar um comentário? Ebaaaaa.
Espero que tenha gostado dos conteúdos do GLP, prometo que retribuirei seu comentário logo me breve, é só deixar o link do seu blog, e assim que possível, farei um visitinha. Prometo. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...