Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

7.7.14

O Fim do nosso querido Orkut

Olá Blogueiras. Você sabia que o Orkut está com os dias contados? Pois é. Isso me deixa triste. Eu sei, eu sei. Tipo. Orkut é bem das antigas, mais temos que admitir que tudo começou com ele não foi. Quer dizer, na época não existia essa de Instagram, Facebook, Twitter e tudo mais. Foi com a pura e simples inocência que conseguimos chegar até essas redes tão badaladas do momento.  Bom, eu, especificamente ainda utilizava a minha conta. O que? Pois é. Usava ele meio que como um arquivo de fotos sabe. Tenho todas as minhas antigonas, até as mais nova, eu sempre estava lá adicionando fotos nele.  Então, sabe o que eu mais curtia no Orkut, aquele lance dos depoimentos. Sabe, era super divertido entrar no perfil de um amigo e escrever milhões de frases super dramáticas. kkkkkkkk. E depois éramos recompensados com outro depoimento ainda mais dramático do que aqueles que enviamos. kkkk. Era bem assim não era? Tinha também a competição de quem estava no topo dos depô. Tinha também as comunidades super fofas com frases, textos, batalhas e até histórias, algumas sem sentido. Enfim, foram muita lembranças nessas redes sociais.
Criado em janeiro de 2004 pelo engenheiro turco Orkut Büyükkökten, de quem herdou o nome, o Orkut foi, por seis anos, a maior rede social da internet no Brasil — de onde vinha metade dos 70 milhões de usuários que chegou a ter. Em 2008, o Google — empresa que opera o Orkut — transferiu o controle do site da Califórnia para Belo Horizonte. A iniciativa, que visava fortalecer o site ainda mais no país, teve efeito limitado: dali a dois anos, o Orkut seria ultrapassado pelo Facebook (a rede social de Marck Zuckerberg, que congrega mais de um bilhão de usuários mundo afora). Em fevereiro deste ano, de acordo com estimativa feita a partir de cem mil computadores pela ComScore, consultoria que mede a audiência da internet, o Orkut teve 17 milhões de visitantes no Brasil. O número foi quatro vezes menor do que o registrado para o Facebook no mesmo período. A partir dai o Orkut virou um museu de grandes novidades. Desde que há internet, há troca de mensagens. Desde que há troca de mensagens, há comunidades sociais. A primeira, Classmates, foi criada em 1995, para congregar estudantes de escolas e universidades americanas. Nos anos seguintes surgiram MirC, MySpace, LinkedIn, MSN (esse extinto pela Microsoft no ano passado, por falta de uso). Todas tiveram relativo sucesso no país, mas nada que se comparasse à hegemonia conquistada pelo Orkut. O Orkut será descontinuado no dia 30 de setembro de 2014. Até lá, não haverá impacto para os atuais usuários, para que a comunidade tenha tempo de lidar com a transição. Usuários podem exportar as informações do seu perfil, mensagens de comunidades e fotos usando o Google Takeout (disponível até setembro de 2016). A partir de hoje, novos usuários não podem criar novas contas no Orkut. O Orkut pode estar indo embora, mas todas as incríveis comunidades criadas pelos usuários vão ficar. Um arquivo com todas as comunidades públicas ficará disponível online a partir de 30 de setembro de 2014. Se você não quiser que seu nome ou posts sejam incluídos no arquivo de comunidades, você pode remover o Orkut permanentemente da sua conta Google. Foram 10 anos inesquecíveis.
O fim do Orkut também bombou nas redes sociais, muitos internautas lamentaram o encerramento da página no Facebook, Instagram, Twitter e até Google+. Será que o Faceebok terá um  fim tão triste como o Orkut? Deixe sua opinião nos comentário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário