É tanta coisa na cabeça que de vez em quando a gente se pergunta: é isso mesmo que quero? Afinal, quem sou eu? O que estou fazendo da minha vida? Estou dando atenção para as coisas certas? Estou gastando energia no que realmente importa? Estou dando a devida atenção para quem gosta de mim? A gente fica nesse mar de perguntas e nada até encontrar uma resposta.

27.7.14

Apenas Vou







Esse medo só te faz andar mais devagar. O monstrinho não está em baixo da sua cama está dentro do seu coração. As lembranças na sua cabeça não tem fim. Seu coração bate mais forte ao se lembrar do que aconteceu. Eu sei isso é comum. Mais isso um dia vai passar. As feridas não duram para sempre, as cicatrizes sempre vão estar lá mais com um tempo elas acabam fazendo parte de você. Você só quer alguém ao seu lado. Não tem como fugir dessa bagunça que está ai nesse lugarzinhos apertado no seu peito. As dores são insuportável. Lembranças. Como manda-la em borá. Eu sei garota não e fácil pra seguir. Mais para de se lamentar. Lembra como era tão boa. Faz assim. Sorrir mais ao invés de ficar se preocupando com a maquiagem que não para de escorre. 

Eu não tenho mais medo sabia? Foram os monstrinhos que aparece na televisão que me ensinaram a ser forte. Eu descobrir que o na verdade o maior demônio que sempre me assustava era que tinha dentro de mim. Ai eu fiz uma faxina. Comecei no meu quarto. As fotografias que só me lembravam do quanto tinha sido machucada, junto com aquelas roupas que não me valorizavam. Foi tudo jogado fora.  Fiz isso por mim. Depois limpei meu coração. Como ainda não sei como deletar tudo, construir um quarto joguei tudo que não me servia mais, e tranquei. Joguei a chave fora na primeira ponte me que atravessei. O fardo aliviou mais. Agora deixei tudo pra trás. Não me importa mais o passado. Tá bom, ainda choro algumas vezes durante a noite. Mais depois deixo tudo de lado, pois sei que não vale apenas fazer isso comigo. Hoje eu apenas vou. Sigo. Aprendi mais a medir meus passos. Eu não era boa o suficiente pra ninguém. Mais agora a única pessoa que preciso agradar sou eu. Abandonei meus medos, e hoje sigo sozinha. Pois no mundo a única que me faz feliz, sou eu. Hoje eu apenas vou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vai postar um comentário? Ebaaaaa.
Espero que tenha gostado dos conteúdos do GLP, prometo que retribuirei seu comentário logo me breve, é só deixar o link do seu blog, e assim que possível, farei um visitinha. Prometo. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...