É tanta coisa na cabeça que de vez em quando a gente se pergunta: é isso mesmo que quero? Afinal, quem sou eu? O que estou fazendo da minha vida? Estou dando atenção para as coisas certas? Estou gastando energia no que realmente importa? Estou dando a devida atenção para quem gosta de mim? A gente fica nesse mar de perguntas e nada até encontrar uma resposta.

11.6.14

Foi Verdadeira pra mim



Você era diferente dos outros garotos. Não sei exatamente o que, mais existia algo me você que me encantava. Mais você fazia parte do grupinho dos descolado, os jogadores de futebol. Resumindo, não faltavam garotas ao seu lado, te pedindo pra tirar fotos e sair com elas. Até a diretora era afim de você. Já eu, bom, eu era o patinho feio. Sabe, daqueles que não se encaixam em alguns lugares. Até na escola eu me sentia desengonçada. Não sou o tipo de garota que sofria bullyng nem nada do tipo. Tinha meu próprio grupinho de amigas, onde eu era feliz do meu jeito.
Ainda me pergunto como pude me apaixonar por você. Tinha muitos caras gatinhos na escola que dava bola pra mim, e que hoje talvez eu pudesse ser feliz. Com esse dia tão ensolarado, talvez eu pudesse estar agarradinha com esse tal garoto, conversando sobre o nosso futuro. Mais estou aqui, trancada no meu quarto com meu pijama ridículo do Picathu, escrevendo sobre a minha desilusão amorosa. Isso é tão patético. O meu dia não costuma ser do tipo perfeito, mais hoje, com certeza me sinto no fundo do poço.
Não queria ir pra balada ontem. Sério. Sou uma péssima dançarina, e não gosto de álcool. Mais a Martha insistiu, ela falou que tinha arranjado um garoto que queria ficar comigo, e é claro como eu sou pateticamente infantil, acreditei. Enquanto dançava-mos ela estava inquieta procurando esse tal garoto. Insistiu em não querer me falar quem era, ela disse que eu só deveria chegar e beija-lo. Simples assim. Não fiquei com vergonha porque, afinal isso é comum nos bailes de fantasia da escola. Até o professor de história já fez isso, foi um escanda-lo.
Ela olhou pra mim e disse: É aquele ali vestido de príncipe e com a mascará preta. Encarei por um longo tempo tentando reconhecer mais não deu. Ela tinha colocado álcool no meu suco de laranja, como já estava bêbada mesmo, nem pensei duas vezes. Atravessei o salão cambaleando cheguei até você e o beijei. Foi o beijo mais gostoso que dei. Você estava com gosto de bala de morando. Você retribui. Não sei por que, talvez achasse que era outra garota. Quando colocou as mãos no me pescoço, eu me arrepiei toda, você me puxou pela cintura pra bem pertinho de você, e forçou ainda mais os seus lá bois sobro o meu. Foi realmente mágico. Mais toda a magia acabou quando a Meg,  me deu um soco nas costas e em seguida puxou a minha mascara. Pude ver o seu rosto de surpreso, decepcionado. Então você tirou a máscara e eu puder saber quem era o garoto por traz daquela roupa de príncipe. Era realmente um príncipe, mais que tinha acabado de ser beijado por uma sapa. A Meg começou o barraco na hora, afinal, ela é muito boa em fazer os outros passar vergonha. Já fui vitima dela em outras ocasiões. Mais o que mais me dói era ver os seus olhos fitados em mim. Você não acreditava, por um segundo achei que fosse levantar a mão para me bater.
Não sei como cheguei em casa hoje, mais de uma coisa eu tenho certeza, não piso mais naquela escola. Sei que vou ser mais uma atirada que te beijou. A garota do baile. Mais não lembrada como a Cinderela. Apenas a idiota do baile. Apesar de toda vergonha, no fundo eu sei que valeu apenas. Pude por um simples minuto, achar que foi verdadeiro aquele beijo. Apesar das circunstâncias, ele foi especial.
Bom... Então é isso querido diário.
- Jhenny, você está ai?
- Tô mãe.
- Tem alguém lá fora querendo falar com você.
- Já vou.  Oi Desculpa a demora e que eu estava acupad...... O.O
- Oi
- O O Oi
- Sou o garoto do baile, você se lembra?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vai postar um comentário? Ebaaaaa.
Espero que tenha gostado dos conteúdos do GLP, prometo que retribuirei seu comentário logo me breve, é só deixar o link do seu blog, e assim que possível, farei um visitinha. Prometo. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...