É tanta coisa na cabeça que de vez em quando a gente se pergunta: é isso mesmo que quero? Afinal, quem sou eu? O que estou fazendo da minha vida? Estou dando atenção para as coisas certas? Estou gastando energia no que realmente importa? Estou dando a devida atenção para quem gosta de mim? A gente fica nesse mar de perguntas e nada até encontrar uma resposta.

7.4.14

Lollapalooza




Lollapalooza é um festival de música anual composto por gêneros como rock alternativo, heavy metal, punk rock e performances de comédia e danças, além de estandes de artesanato. Também fornece uma plataforma para grupos políticos e sem fins lucrativos. Lollapalooza tem apresentado uma grande variedade de bandas e ajudou a expor e popularizar artistas como Metallica, Alice in Chains, Tool, Red Hot Chili Peppers, Pearl Jam, The Cure, Primus, Rage Against the Machine, Soundgarden, Arcade Fire, Nine Inch Nails, Nick Cave, L7, Janes Addiction, X Japan, The Killers, Siouxsie and the Banshees, The Smashing Pumpkins, Muse, Hole, 30 Seconds to Mars, The Strokes, Arctic Monkeys, Foo Fighters, Green Day, Lady Gaga e Fun.
Concebido e criado em 1991 pelo cantor do Jane's Addiction, Perry Farrell, como uma turnê de despedida para sua banda, o Lollapalooza aconteceu até o ano de 1997 e foi revivido em 2003. Desde a sua criação até 1997 e em seu renascimento em 2003, o festival percorreu a América do Norte. Em 2004, os organizadores do festival decidiram ampliar a permanência do festival para dois dias por cidade, mas a fraca venda de ingressos forçou o cancelamento da turnê de 2004. Em 2005, Farrell e a Agência William Morris fizeram uma parceria com a empresa Capital Sports Entertainment (atual C3 Presents), sediada em Austin, no Texas, e reformularam o festival para o seu formato atual, como um evento fixo em Grant Park, Chicago, Illinois.
Em 2010, foi anunciada a estreia do Lollapalooza no exterior, com um ramo do festival sediado em Santiago, no Chile, em 2 e 3 abril de 2011, onde estabeleceu uma parceria com a empresa chilena Lotus. Em 2011, a empresa Geo Eventos confirmou a primeira versão brasileira do evento, que foi sediada no Jockey Club, em São Paulo nos dias 7 e 8 de abril de 2012.


1 dia do #LollaBR

Um dia de glória. Quem esteve em Interlagos neste sábado, 5 de abril, no Lollapalooza 2014 jamais vai esquecer o que aconteceu por ali: foram 11 horas de música e 26 atrações. Muse e Disclosure encerraram o sábado em grande estilo. A banda britânica deixou o Palco Skol completamente lotado e levou o público ao delírio com músicas como “New Born” e com uma homenagem ao Nirvana. Já o duo formado pelos irmãos Guy e Howard Lawrence colocou no set list “You & Me”, “Voices” e “Tenderly” e fez a galera para pirar. No palco Onix, o Nine Inch Nails fez todo mundo cantar as clássicas “Burn”, “Hurt”, “Wish”, “Head Like a Hole” e emocionou com a dobradinha “March of the Piggs” e “Piggy”. 
Confira como foi todo o primeiro dia do #LollaBR. muse 1 
Início  perfeito E tudo começou com céu azul e muito sol, a galera do Vespas Mandarinas subiu ao Palco Skol exatamente às 12h20 para tocar os primeiros acordes do #LollaBR 2014. Um pouco depois, no palco Interlagos, o Red Oblivion agitou com a sua mistura de música clássica, metal e eletrônico. O capixaba SILVA abriu os shows no palco Onix. Vespas Mandarinas 
 O duo Capital Cities tomou conta do Autódromo com hits como “Safe and Sound” e “I Sold My Bed, But Not My Stereo”. Cage The Elephant, Café Tacvuba, Julian Casablancas e Portugal.The Man mantiveram o pique enquanto o dia ainda estava claro. Os americanos do Imagine Dragons aproveitaram o cenário perfeito com muita música, o autódromo repleto de gente e um lindo pôr do sol. Tudo com direito a uma entrada em grande estilo de Dan Reynolds, com a bandeira do Brasil nas mãos.
imagine dragons noite 
   Nos Braços da Galera Já de noite, a sensação mundial Lorde entrou no clima do público e fez um show inesquecível. Ao mesmo tempo, os franceses do Phoenix foram responsáveis por lotar o palco principal. No fim do show, Thomas Mars foi pra galera – literalmente – ao pular nos braços dos fãs. Na sequência, foi a vez da Nação Zumbi arrepiar o público com sucessos como “Quando a Maré Encher” e “Da Lama ao Caos”, que fechou a apresentação da banda. O Nine Inch Nails também empolgou o público com um show vibrante. Para encerrar, Muse no palco Skol e Disclosure no palco Interlagos levaram muita energia ao público com grandes sucessos e jogos de luzes surpreendentes. O Muse colocou em seu set list a clássica “Lithium”, do Nirvana. Foi um dos pontos altos da noite. lorde  
Palco Perry e Kidzapalooza O projeto Perry/Etty vs Joachim Garraud foi um dos grandes momentos da tenda eletrônica do Lollapalooza neste sábado. Os dois mostraram muita harmonia e fizeram todo mundo pular. Elekfantz, Digitaria, Flume, Flux Pavillion, Wolfgang Gartner e Kid Cudi foram as outras atrações do espaço. No Kidzapalooza, a criançada se divertiu  muito com o grupo Coisinha. Antes, alunos do Conservatório Souza Lima e da School of Rock deram o recado: o futuro do rock está garantido com eles. eletrônica 
Amanhã tem mais Domingo promete ser mais um dia inesquecível para todo mundo que for ao Autódromo de Interlagos. O som começa a rolar a partir das 11h50 com Francisca Valenzuela e ao longo do dia bandas como Raimundos, Pixies, Vampire Weekend, Soundgarden, Arcade Fire e New Order vão fazer os fãs vibrarem. Ingressos para o domingo, 6 de abril, estão à venda na bilheteria do portão 7. Mas estas são apenas algumas das atrações. Para conferir tudo o que rola no último dia do #LollaBR, fique de olho no nossa página do Facebook, no nosso Twitter e no nosso Instagram. Não perca nenhum detalhe!
última foto do texto

 

2ª dia do #LollaBR

Vai deixar saudade. Esse é o sentimento de todos que foram ao Lollapalooza 2014 neste domingo. Pelo segundo dia consecutivo, o sol foi uma das estrelas e novamente deixou o cenário perfeito para as 26 atrações que dominaram o Autódromo de Interlagos. Por quase duas horas, o Arcade Fire foi o responsável por fechar o #LollaBR e mobilizou todo mundo que esteve no palco Interlagos com clássicos e um incrível show de luzes. Ao mesmo tempo, os ingleses do New Order também levaram o público ao delírio com hits como Bizarre Love Triangle. Jake Bugg e Soundgarden também esquentaram o clima em Interlagos. O jovem britânico deixou a galera emocionada. Já a galera que foi ver o quarteto de Seattle, comandado pelo sempre elétrico Chris Cornell, alucinou ao som de hits como Jesus Christ Pose e Black Hole Sun em sua primeira visita ao Brasil. No palco, Cornell falou sobre o primeiro show da banda no país. “Demoramos muito para vir, mas nunca é tarde”. Tudo verdade. Depois de tudo isso, restam apenas duas certezas: valeu muito a pena. E ano que vem tem mais. Falta muito? #vemlolla2015. Confira como foi o segundo dia de #LollaBR. arcade  Início em Grande Estilo A chilena Francisca Valenzuela subiu ao palco Skol pouco antes das 12h e foi responsável pelo pontapé inicial de um dia inesquecível. Os latino-americanos também bombaram o palco Onix com a dupla argentina Illya Kuryaki & The Valderramas. Os gaúchos do Apanhador Só foram os primeiros brasileiros da tarde e agitaram a galera. Com muito rock, os Raimundos foram responsáveis por um show memorável: com direito a Mulher de Fases, I Saw You Saying e Palhas do Coqueiro – que fez Digão ir pro meio da galera cantar. Johnny Marr também reservou momentos incríveis no palco Onix. O público vibrou e cantou clássicos como There is a Light That Never Goes Out e músicas novas, como New Town Velocity. A presença de Andy Rourke como convidado e um cover de The Clash também marcaram o show. Enquanto isso, Brothers of Brazil e Selvagens À Procura de Lei contagiaram os fãs no palco Interlagos.
Raimundos Johnny Marr
Carisma e Empolgação Ellie Goulding entrou no palco Skol às 15h25 vestindo a camisa da Seleção Brasileira. Foi só o começo de uma conexão incrível com o público. A inglesa cantou seus Hits Burn, Lights e I Need Your Love e encantou os fãs. As meninas do Savages também mostraram muito rock e energia no palco Interlagos. As músicas do disco de estreia da banda, Silence Yourself, deram o tom do show. O Vampire Wekeend atraiu uma multidão para o palco Onix. E o grupo de Nova York correspondeu às expectativas com um show repleto de hits, com muita energia e até uma dancinha estilosa do baixista Chris Baio. A-Punk e Ya Hey levantaram o público. Uma das bandas mais esperadas do festival, Pixies teve um motivo a mais para festejar: o aniversário de Black Francis. O presente foi a galera cantando todas as músicas com o vocalista. O pessoal do AFI foi o último a tocar com o dia ainda claro.
 Ellie pixies 
 Emoção em Interlagos Às 18h55, o Soundgarden começou o seu primeiro show no Brasil. Antes, Chris Cornell avisou: “Demoramos muito para vir, mas nunca é tarde”. A espera valeu a pena. Quem esteve no palco Onix viu a banda cantar os seus sucessos e já deixar saudade. Jake Bugg também fez um som emocionante. Muita gente que esteve no palco Interlagos chorou na hora que ele tocou Slumville Sunrise. New Order e Arcade Fire completaram uma noite inesquecível. soundgarden new order  
Lolla Eletrônico O palco Perry bombou neste domingo desde o primeiro show, do DJ FTampa. Depois dele veio Gabe, que também botou a galera pra pular. Cone Crew Diretoria veio na sequência, com a galera uniformizada com a camisa do Brasil. Baauer e depois as meninas do Krewella ainda tocaram antes de anoitecer. Com a galera muito agitada foi a vez do The Bloody Beetroots e de Axwell.
 
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vai postar um comentário? Ebaaaaa.
Espero que tenha gostado dos conteúdos do GLP, prometo que retribuirei seu comentário logo me breve, é só deixar o link do seu blog, e assim que possível, farei um visitinha. Prometo. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...