É tanta coisa na cabeça que de vez em quando a gente se pergunta: é isso mesmo que quero? Afinal, quem sou eu? O que estou fazendo da minha vida? Estou dando atenção para as coisas certas? Estou gastando energia no que realmente importa? Estou dando a devida atenção para quem gosta de mim? A gente fica nesse mar de perguntas e nada até encontrar uma resposta.

18.10.13

Demi Lovato para a revista “WebMD Campus”

WEBMDCAMPUS

Fonte: WebMD Tradução e Adaptação: Equipe DLBR
Pense nas ex-estrelas da Disney – Selena, Miley, Britney e Christina… Demi Lovato, de 21 anos, é um das mais relacionáveis. Em 2010, ela entrou em uma clínica de reabilitação para lidar com questões de depressão, bulimia, dependência e de corte, e ela tem sido franca sobre sua viagem posterior à saúde. Agora, a mais jovem jurada do X Factor, tem um novo álbum auto-intitulado, que os documenta sua viagem pela vida. Nós conversamos com ela entre datas da turnê – e após a cirurgia para ter suas amígdalas removidas – para perguntar como ela está sentindo, emocionalmente e fisicamente, nos meses após a morte súbita de seu pai.


Como foi sua cirurgia na garganta? E quando poderemos ouvir sua voz de novo?
Foi difícil, mas me sinto muito melhor agora. Eu senti uma dor de garganta terrível há pelo menos 2 semanas. Eu estava muito nervosa antes da cirurgia: Eu perguntei ao médico se alguém já tinha morrido de anestesia, antes. (No caso de você estar se perguntando, ele disse “Não.”) Estarei cantando novamente em breve!


Essa cirurgia oferece um remédio permanente?
Eu tinha ampliado e impactado as amígdalas, então eu tenho lidado com amigdalite crônica por muito tempo. Eu poderia ficar doente a cada duas semana. Horrível! Era para eu tirar minhas amígdalas quando eu tinha 15 anos, mas minha agenda foi [também] uma loucura. Agora que minhas amígdalas são removidas, deve ser bom.


Você também quebrou o pé no início deste ano. Você está totalmente recuperada?
Eu sou um pouco desastrada, às vezes. Sinceramente, era muito difícil de não ser capaz de usar a minha perna. Realmente, eu sou grata por coisas cotidianas, como levantar-se para tomar [um copo de] água. Foi um longo processo de recuperação – cerca de 3 meses – mas eu boa como se estivesse nova. Eu tinha que executar tudo em uma bota médica, porque eu tinha datas da turnê na Ásia e na Rússia logo após o acidente. Minha bota era cravejada e coberto de couro para subir ao palco.


Como você se mantém saudável e equilibrada durante a turnê?
Eu bebo uma tonelada de água, e eu tento ter certeza que eu começarei a ter abundância de sono. É muito difícil fazer isso quando você está viajando e lidar com as mudanças de tempo malucas. Se eu estou tendo um momento difícil, eu vou para a academia do hotel e tentar dar uma saída. Eu mesmo trouxe um treinador / nutricionista na estrada. Ele encontra as lojas de alimentos saudáveis ​​em cada cidade e compra sushi e saladas. Ele também faz sucos frescos com couve, espinafre, gengibre e assim por diante para certificar-se que eu estou recebendo bastante vegetais todos os dias.


Tem sido um desafio de alguns meses para cá para você, como o recente falecimento de seu pai. Você tem bastante apoio?
Minha família tem sido incrível, e nós realmente nos inclinamos um sobre o outro para sobreviver. Eu estou cercada por essas pessoas de apoio no trabalho, bem como, o que é muito incrível! Eu também tenho alguns grandes amigos que estão por mim, não importa o quê.


Como você está lidando com a dor?
Foi um momento muito difícil e triste na minha vida, mas estou lidando com isso. Meu pai e eu não tivemos o melhor relacionamento, mas ainda era muito doloroso. Ele sofria de problemas de saúde mental – depois que ele faleceu, eu percebi que ele nunca foi capaz de obter a ajuda que precisava. Eu decidi começar o programa de bolsas de Tratamento Lovato [em parceria com o grupo de recuperação CAST, uma organização de ambulatório terapêutico]. Meu pai não tem mais a chance de obter a ajuda de que precisava, mas isso me faz sentir melhor para oferecer ajuda aos outros.


Como funciona a “bolsa de estudos”?
O objetivo é cobrir despesas de alguém lutando com a saúde mental e/ou problemas de dependência, incluindo os custos para uma das casas de transição de vida de recuperação no CAST, além de serviços clínicos fornecidos pelo programa ambulatorial da CAST. Eu tenho lutado com problemas de saúde mental, de modo que eu realmente sei o que está em jogo. O tratamento eficaz é caro e muitos não podem pagar os cuidados de que precisa. Eu me sinto mais satisfeita quando eu posso dar ajudar aos outros. É uma parte muito importante da minha própria recuperação. Eu tenho muita sorte de trabalhar com recuperação nos últimos dois anos. Eles me ensinaram a lidar com os meus próprios demônios.


Esses “demônios” estão bem documentados. Que conselho você daria para jovens mulheres que lêem esta revista, que sofrem de bulimia, depressão, vício, ou se cortam?
Obtenha ajuda e fale com alguém. Você precisa de apoio, e você precisa de alguém para teensinar as ferramentas necessárias para começar bem. Você pode ficar bem. Eu sou a prova viva de que fica melhor. É um processo lento e constante, mas parece incrível quando você pode olhar para trás ao longo de um ano ou dois e ver o progresso que você fez. Confie que você pode fazer isso.


Você tem uma única música favorita do novo álbum?
Eu nunca consigo escolher uma única. É como escolher um filho favorito! Estou amando realizar “Made in EUA” agora. É uma música tão cativante. O álbum é melhor do que qualquer coisa que eu já fiz, e estou muito orgulhosa dele. É uma celebração da vida, mas com realismo e honestidade. Eu co-escrevi muitas das canções, por isso há um pedaço de mim em cada uma delas.


O que é mais interessante sobre a última temporada do concurso de música TV-realidade da FOX, The X Factor?
Gosto de trabalhar com os participantes. É incrível ver o seu entusiasmo e energia. Sempre há algum talento que causa surpresa a todos. Além disso, minha categoria é de longe a melhor – e, não, eu não posso te dizer em qual categoria que é [Garotas]!


Joe Jonas, do Jonas Brothers, te nomeou como a favorita da Disney. Está lisonjeada?
Joe, Nick, Kevin, e eu temos uma grande história juntos, e eu estou muito feliz que eu posso chamá-los de amigos.


Com sua agenda lotada, como você encontra tempo para os amigos e familiares?
Em todos os relacionamentos, romântico e platônico, você precisa fazer o tempo para se concentrar nas relações que são importantes para você. Eu faço de tudo para ter tempo para jantar com os amigos ou ligar no telefone quando a minha agenda está muito lotada. Sem amigos e familiares, a vida é muito solitária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vai postar um comentário? Ebaaaaa.
Espero que tenha gostado dos conteúdos do GLP, prometo que retribuirei seu comentário logo me breve, é só deixar o link do seu blog, e assim que possível, farei um visitinha. Prometo. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...