É tanta coisa na cabeça que de vez em quando a gente se pergunta: é isso mesmo que quero? Afinal, quem sou eu? O que estou fazendo da minha vida? Estou dando atenção para as coisas certas? Estou gastando energia no que realmente importa? Estou dando a devida atenção para quem gosta de mim? A gente fica nesse mar de perguntas e nada até encontrar uma resposta.

26.9.13

Tenho Medo X Remar


Tenho medo.
Por favor, eu te peço. Não faz eu me arrepender das minhas decisões. Você sabe que eu coloco dificuldade em tudo por que tenho medo, medo de tudo dar errado como sempre dá quando o assunto é amor. EU desconfio de tudo isso por que de tantas garotas lindas e perfeitas por ai você veio escolher logo eu. Logo eu que odeia usar salto, que não usa uma quilo de maquiagem pra ir a escola, que ama tomar banho de chuva e nem se preocupa com a chapinha no cabelo. Logo eu que entre passar horas e horas tentando escolhendo uma roupa pra “ir ali”, escolho ficar jogando Super Mário. Logo eu que sou uma estranha nesse mundo, que ninguém percebe na multidão. Eu posso parecer boba, mas são esses os motivos que me fazem ter medo de me entregar, sabe? Por que se você não me magoar, eu vou magoar você, pois não sou tudo isso que você pensa ou espera que eu seja.
Foto: Tenho medo. 
Por favor, eu te peço. Não faz eu me arrepender das minhas decisões. Você sabe que eu coloco dificuldade em tudo por que tenho medo, medo de tudo dar errado como sempre dá quando o assunto é amor. EU desconfio de tudo isso por que de tantas garotas lindas e perfeitas por ai você veio escolher logo eu. Logo eu que odeia usar salto, que não usa uma quilo de maquiagem pra ir a escola, que ama tomar banho de chuva e nem se preocupa com a chapinha no cabelo. Logo eu que entre passar horas e horas tentando escolhendo uma roupa pra “ir ali”, escolho ficar jogando Super Mário. Logo eu que sou uma estranha nesse mundo, que ninguém percebe na multidão. Eu posso parecer boba, mas são esses os motivos que me fazem ter medo de me entregar, sabe? Por que se você não me magoar, eu vou magoar você, pois não sou tudo isso que você pensa ou espera que eu seja. 

 Remar
Olha, eu sei que o barco tá furado e sei que você também sabe, mas queria te dizer pra não parar de remar, porque te ver remando me dá vontade de não querer parar também.Tá me entendendo? Eu sei que sim. Eu entro nesse barco, é só me pedir. Nem precisa de jeito certo, só dizer e eu vou. Faz tempo que quero ingressar nessa viagem, mas pra isso preciso saber se você vai também. Porque sozinha, não vou. Não tem como remar sozinha, eu ficaria girando em torno de mim mesma. Mas olha, eu só entro nesse barco se você prometer remar também! Eu abandono tudo, história, passado, cicatrizes. Mudo o visual, deixo o cabelo crescer, começo a comer direito, vou todo dia pra academia. Mas você tem que prometer que vai remar também, com vontade! Eu começo a ler sobre política, futebol, ficção científica. Aprendo a pescar, se precisar. Mas você tem que remar também. Eu desisto fácil, você sabe. E talvez essa viagem não dure mais do que alguns minutos, mas eu entro nesse barco, é só me pedir. Perco o medo de dirigir só pra atravessar o mundo pra te ver todo dia. Mas você tem que me prometer que vai remar junto comigo. Mesmo se esse barco estiver furado eu vou, basta me pedir. Mas a gente tem que afundar junto e descobrir que é possível nadar junto. Eu te ensino a nadar, juro! Mas você tem que me prometer que vai tentar, que vai se esforçar, que vai remar enquanto for preciso, enquanto tiver forças! Você tem que me prometer que essa viagem não vai ser a toa, que vale a pena. Que por você vale a pena. Que por nós vale a pena.
Remar.
Re-amar.

Amar.

Foto: Bou'n Diia :)


Olha, eu sei que o barco tá furado e sei que você também sabe, mas queria te dizer pra não parar de remar, porque te ver remando me dá vontade de não querer parar também.Tá me entendendo? Eu sei que sim. Eu entro nesse barco, é só me pedir. Nem precisa de jeito certo, só dizer e eu vou. Faz tempo que quero ingressar nessa viagem, mas pra isso preciso saber se você vai também. Porque sozinha, não vou. Não tem como remar sozinha, eu ficaria girando em torno de mim mesma. Mas olha, eu só entro nesse barco se você prometer remar também! Eu abandono tudo, história, passado, cicatrizes. Mudo o visual, deixo o cabelo crescer, começo a comer direito, vou todo dia pra academia. Mas você tem que prometer que vai remar também, com vontade! Eu começo a ler sobre política, futebol, ficção científica. Aprendo a pescar, se precisar. Mas você tem que remar também. Eu desisto fácil, você sabe. E talvez essa viagem não dure mais do que alguns minutos, mas eu entro nesse barco, é só me pedir. Perco o medo de dirigir só pra atravessar o mundo pra te ver todo dia. Mas você tem que me prometer que vai remar junto comigo. Mesmo se esse barco estiver furado eu vou, basta me pedir. Mas a gente tem que afundar junto e descobrir que é possível nadar junto. Eu te ensino a nadar, juro! Mas você tem que me prometer que vai tentar, que vai se esforçar, que vai remar enquanto for preciso, enquanto tiver forças! Você tem que me prometer que essa viagem não vai ser a toa, que vale a pena. Que por você vale a pena. Que por nós vale a pena.
Remar. 
Re-amar. 

Amar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vai postar um comentário? Ebaaaaa.
Espero que tenha gostado dos conteúdos do GLP, prometo que retribuirei seu comentário logo me breve, é só deixar o link do seu blog, e assim que possível, farei um visitinha. Prometo. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...