Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6.6.13

As tuas verdades

   
 Pontos de interrogação dentro de minha cabeça nunca me deixaram bem e você sabia disso, sabia que quando algo me intrigasse eu iria atrás e fui. A verdade é dura, difícil e terrivelmente demorada! Sei o que ela é, mas a ficha demora para cair, os olhos demoram para ver, os ouvidos não sabem em que acreditar, a boca treme e o pior, dentro de mim estava tudo bagunçado, trêmulo ou algum outro termo que compreendo, mas não sei como explicar. Muitas vezes escutamos e tentamos não acreditar, mas dessa vez foi diferente, eu sabia que em meias palavras se escondiam problemas que meu mundo, por anos, quis segurar para me provar que sou forte, que sei me amar por dentro, sei seguir com minhas pernas, ver com meus olhos e pedir, desejar um caminho iluminado para o ser que ao invés de chorar, sorriu. Mostrou para si e para o universo que o nome da felicidade é o que está na sua identidade, que felicidade é poder sorrir e saber que o peso foi tirado, que ao invés de deitar e desabar é ter a vontade de contar como foi, de gargalhar  e recuperar o tempo perdido. E a maneira para tê-lo é ter paciência, que por mais difícil que seja, jamais será tão horrível quanto as mentiras, quanto as juras patéticas que me fez, quanto as dolorosas brigas que partilhamos. E fico feliz em poder olhar par ao céu e sorrir, chorar de felicidade e, como já disse, gargalhar sozinha, mostrando meu potencial e o que me difere de qualquer outra menina, ter sido tua ingenuamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário