É tanta coisa na cabeça que de vez em quando a gente se pergunta: é isso mesmo que quero? Afinal, quem sou eu? O que estou fazendo da minha vida? Estou dando atenção para as coisas certas? Estou gastando energia no que realmente importa? Estou dando a devida atenção para quem gosta de mim? A gente fica nesse mar de perguntas e nada até encontrar uma resposta.

21.4.11

As Vezes


As vezes as pessoas que amamos nos magoam, e nada podemos fazer, se não continuar nossa jornada com nosso coração machucado. As vezes o amor nos machuca profundamente, e vamos nos recuperando muio lentamente dessa ferida tão dolorosa. As vezes perdemos nossa fé, então descobrimos que precisamos acreditar tanto quanto precisamos respirar pois é nossa razão de existir. As vezes estamos sem rumo, mas alguém entra em nossa vida e se torna o nosso destino. As vezes estamos no meio de centenas de pessoas, e a solidão aperta o nosso coração pela falta de uma única pessoa. As vezes a dor nos faz chorar, nos faz sofrer, nos faz querer para de viver, até que algo toque o nosso coração, algo simples como a beleza do por do sol e a magnitude de uma noite estrelada e a simplicidade de uma brisa batendo em nosso rosto ou a força da natureza nos chamado para a vida...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vai postar um comentário? Ebaaaaa.
Espero que tenha gostado dos conteúdos do GLP, prometo que retribuirei seu comentário logo me breve, é só deixar o link do seu blog, e assim que possível, farei um visitinha. Prometo. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...